L'Atelier du Cuisinier | Diário do Porto

L’Atelier du Cuisinier

Ótimos sabores franceses, excelentes produtos brasileiros. O ambiente em L’Atelier du Cuisinier é de petit bistrô francês, com um toque de exclusividade. Atende a apenas 24 comensais por vez e tem atendimento exclusivo do chef, formado na cozinha francesa e com muita experiência no Brasil e no exterior.

Reprodução Facebook
Compartilhe essa notícia:


O L’Atelier du Cuisinier é do chef francês David Jobert e sua equipe, que define as obras de arte comestíveis como “uma cozinha com simplicidade e sabores franceses, com produtos brasileiros”.

Ótimos sabores franceses, excelentes produtos brasileiros. O ambiente em L’Atelier du Cuisinier é de petit bistrô francês, com um toque de exclusividade.

É muito aconchegante o L’Atelier du Cuisinier. Atende a apenas 24 comensais por vez e tem atendimento exclusivo do chef, formado na cozinha francesa e com muita experiência no Brasil e no exterior. A cozinha busca criatividade e harmonia, pautada por produtos da estação. Fica em uma casa de 1883 que faz parte do Corredor Cultural. Imperdível.

O chef David Jobert gosta de atravessar fronteira e se diz adepto do uso de novas tecnologias, buscando produtos frescos e combinações ousadas. Já trabalhou em renomados restaurantes na França com estrela Michelin: Le Moulin, La Palme d’Or, l´Auberge de l´ill, La chevre d´or e La Villa. Trabalhou também na alemanha (La Bonne Auberge) e no Líbano (Cassino Du Liban).

Nascido em 1972, em Vesoul, David passou a dedicar- se à arte culinária aos 11 anos. Aos 15, estudou na Academia da Haute Saône e seguiu para Mônaco, onde obteve certificados em cozinha clássica, confeitaria, chocolateria e sorveteria. Trabalhou no hotel Martinez em Cannes com o renomado Christian Willer e seguiu para Biarritz, no Hotel Du Palais, antigo Palácio do Imperador Napoleão III. Foi lá, com Jean- Marie Gautier, que aprendeu o rigor e a seriedade no Trabalho. Ele ainda passou quatro anos como chef executivo no La Cigale hotel, em Doha. No Brasil, ele foi chef executivo na divisão dos hotéis InterContinental Rio de Janeiro e São Paulo.

Se você ainda não se convenceu a correr para o L’Atelier du Cuisinier, que tal dar uma olhadinha nos prêmios que o chef David Jobert já faturou? Nós copiamos a lista do site do restaurante.

  • 1997 : Primeiro Lugar e Medalha de Prata “Eureka 97” LIBANO Peças artísticas de Cozinha
  • 1996 : Terceiro Lugar – 72 horas de Laragne FRANÇA Concurso do Melhor Bolo Entremet
  • 1995 : Segundo Lugar “Les Journées gastronomiques de Sologne” FRANÇA – Peças artísticas de Açúcar
  • 1994 : Primeiro Lugar e Trofeu do professionalismo “Festiga 94 Colmar” FRANÇA – Peças artísticas de Padaria
  • 1994 : Concurso Regional Strasbourg FRANÇA Campeonato da França de Sobremesas empratadas
  • 1994 : Segundo Lugar “Les Journees gastronomiques de Sologne” FRANÇA – Peças artísticas de Cozinha
  • 1992 : Participação “Les Journees gastronomiques de Sologne” FRANÇA – Concurso de Cozinha Quentes(Jurado Chef Yves Thuriez MOF 1976)
  • 1992 : Primeiro Lugar “La Journee Gastronomiques de Levroux” FRANCE – Peças artísticas de Cozinha e Degustação
  • 1990 : Primeiro Lugar e Trofeu Chef Christian Willer – FIPACC “Festival international de Pieces artistique Culinaire de Cannes” FRANÇA – Peças artísticas de Cozinha
  • 1989 : Terceiro Lugar – FIPACC “Festival international de Pieces artistique Culinaire de Cannes” FRANÇA – Peças artísticas de Cozinha
  • 1988 : Primeiro Lugar “Festival de Cuisine et Patisserie de Port-sur-Saone” FRANÇA – Peças artísticas de Cozinha