Café e Restaurante Gracioso | Diário do Porto

Café e Restaurante Gracioso

Com seis décadas, o Restaurante Gracioso se firmou no roteiro da vida boêmia do Rio. Artistas, sambistas e personalidades do Rio Antigo fizeram do bar seu escritório na Zona Portuária. Uma marca da casa foi a criação do bloco de carnaval Escravos da Mauá, referência aos mercados de escravos nos séculos XVIII e XIX.

Compartilhe essa notícia:


Com seis décadas, o Restaurante Gracioso se firmou no roteiro da vida boêmia do Rio. Artistas, sambistas e personalidades do Rio Antigo fizeram do bar seu escritório na Zona Portuária. Uma marca da casa foi a criação do bloco de carnaval Escravos da Mauá, referência aos mercados de escravos nos séculos XVIII e XIX.

O samba nunca mais deixou o Gracioso. Entre as atrações culturais, o restaurante lança livros e promove saraus, rodas de samba, bailes de carnaval e shows de outros gêneros musicais. O Gracioso é point do Porto Maravilha, bom para quem gosta de molhar a palavra.

A carta de cervejas apresenta 131 rótulos, entre nacionais e importados, artesanais e tradicionais. #sedenuncamais. A cozinha não fica atrás.

Não há dia em que as mesas do amplo salão não fiquem cheias. Comida farta, preços atraentes. Com influência portuguesa, a cozinha atende pedidos do tradicional bacalhau cozido ao carré à mineira. Tem o maravilhoso risole de camarão, frito na hora e de casquinha crocante. Atrações incluem petiscos, filés, polvo e cachaças artesanais.

O Gracioso fica ao lado da Pedra do Sal, uma das principais atrações da Pequena África, como é conhecido o conjunto de áreas do Porto Maravilha que resgatam a história dos africanos no Rio Antigo.