Turismo

Galeão recebeu 9% a mais de voos internacionais

Começo do ano mantém ritmo de crescimento verificado ao longo de todo o ano passado, de 8%. Destaques maiores foram para o Sul, Sudeste e Brasília

29 de janeiro de 2019
Aeroporto do Galeão: 9% a mais de voos em janeiro (foto Alexandre Macieira/Riotur)

Compartilhe essa notícia em sua rede social:

Quem andou pelos bairros das Orla e pela área turística do Porto Maravilha este mês certamente notou o aumento do número de idiomas por aí. É um fenômeno nacional, que acaba de ser medido pela Embratur. Janeiro apresentou um crescimento de 7% nas chegadas de voos internacionais ao Brasil em relação ao mesmo período do ano passado. Foram 6.120 voos, segundo a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). No Galeão, o aumento foi de 9%.

A taxa praticamente repete o desempenho do ano de 2018, que apresentou aumento de 8% no número de chegadas internacionais. São aproximadamente 400 voos a mais em janeiro, e um incremento de 107 mil assentos disponíveis para os turistas de todo o mundo.

“Receber mais voos, de mais cidades e países, é fundamental para o crescimento do turismo internacional para o Brasil”, explica a presidente da Embratur, Teté Bezerra. “Usamos nossas plataformas, como feiras e eventos internacionais, para estreitar o relacionamento entre os destinos brasileiros com as companhias aéreas a fim de sempre ampliar a disponibilidade de voos e incrementar o setor no Brasil”, complementa a presidente.

O Rio de Janeiro nem foi o que mais cresceu. Os destaques foram para a região Sul, com um aumento de 19% em relação a janeiro de 2018, para o Nordeste (17%) e, principalmente, Brasília, que cresceu em 32% o número de chegadas, passado de 137 para 182 voos neste mês.

 


LEIA TAMBÉM:

Roberto Faria: “Turismo doméstico deve ser prioridade para o Rio”

Dinheiro de fora na aviação vai turbinar o turismo

Turismo LGBT: 3 boas dicas para atrair e fidelizar a clientela


 

Guarulhos (SP), maior porta de entrada de estrangeiros, registrou ampliação de 222 voos, 7% a mais do volume no ano anterior. O Galeão, segundo aeroporto internacional do país, registrou crescimento de 9%, chegando a 1.320 voos neste mês, ou 107 voos a mais que em 2018.

Em dezembro, o governo brasileiro assinou uma Medida Provisória que autoriza a entrada de até 100% de capital estrangeiro em companhias aéreas brasileiras. Era um pleito antigo do setor de turismo. A MP já está em vigor, mas precisa ser apreciada pelo Congresso.

Além desta pauta, outras medidas consideradas estratégicas para estímulo ao turismo brasileiro, como a atualização da Lei Geral do Turismo e o projeto de lei que transforma a Embratur em uma agência de promoção turística, devem estar na pauta do Congresso Nacional.

Compartilhe essa notícia em sua rede social: