Volkswagen, em Resende, entrega 1º caminhão elétrico | Diário do Porto


Empresas

Volkswagen, em Resende, entrega 1º caminhão elétrico

A fábrica da Volkswagen Caminhões vai produzir 1.600 e-Delivery para a Ambev, até 2025. É o primeiro caminhão elétrico produzido em série no Brasil

1 de julho de 2021

Volkswagen, na fábrica de Resende, é a primeira a ter uma linha de produção de caminhões elétricos no país (foto: VWCO / Distribuição)

Compartilhe essa notícia:


A Volkswagen Caminhões e Ônibus (VWCO) entregou à Ambev o primeiro dos 100 caminhões elétricos que serão usados na sua frota de distribuição de bebidas até o final do ano. O modelo, um e-Delivery 14 toneladas 6×2, foi desenvolvido na fábrica de Resende, após investimentos de cerca de R$ 150 milhões na nova tecnologia e nas linhas de produção.

No local, a Volkswagen construiu uma nova área dedicada exclusivamente à eletrificação: o e-Shop, centro mundial de pesquisa e desenvolvimento da marca. Os colaboradores da empresa também receberam capacitação específica para o trabalho com veículos elétricos.

Com a parceria entre Ambev e Volkswagen, até 2025 serão fabricados 1.600 caminhões elétricos em Resende, para serem utilizados na distribuição de bebidas. Isso significa que mais de um terço da frota que atende a cervejaria será composta por veículos VWCO movidos a energia limpa, deixando de emitir mais de 36 mil toneladas de carbono por ano.

A entrega do primeiro caminhão elétrico produzido em série foi feita por Roberto Cortes, presidente e CEO da VWCO, à Rodrigo Figueiredo, vice-presidente de Sustentabilidade e Suprimentos da Ambev.

Volkswagen diz que entrega é marco para engenharia nacional

A fábrica da Volkswagen Caminhões e Ônibus, em Resende, recentemente deu início à montagem em série desses modelos elétricos, tornando-se a primeira do país com essa operação em larga escala.

Roberto Lopes diz que a entrega do primeiro caminhão elétrico é um marco para a engenharia nacional. “O que estamos fazendo é histórico. Vamos colocar em operação junto com a Ambev uma frota de cem caminhões elétricos circulando pelas ruas do país até o fim de 2021. Estamos avançando no mesmo ritmo que a tecnologia se desenvolve em economias mais avançadas, como a europeia e a norte-americana, graças ao know-how de nossos engenheiros brasileiros. E não paramos por aí, em breve teremos mais novidades para anunciar sobre todo o ecossistema que criamos para viabilizar a introdução da mobilidade elétrica no Brasil”, afirma o presidente e CEO da Volkswagen Caminhões e Ônibus.

Além do investimento na aquisição dos veículos, a Ambev está inaugurando 44 usinas solares em todo o Brasil, que vão produzir eletricidade o suficiente para atender os centros de distribuição da companhia. Assim, todos os caminhões elétricos que prestarem serviço para a Ambev serão alimentados por energia renovável, quando a frota estiver completa.


LEIA TAMBÉM:

Galeão é prioridade, dizem Castro e Paes a ministro

‘Laranjinhas’ ficam ‘azuizinhas’ e de graça para receber Magalu

Sesc RJ na Estrada mostra centro histórico de Itaboraí