Volkswagen Caminhões diminui em 50% uso de água | Diário do Porto


Empresas

Volkswagen Caminhões diminui em 50% uso de água

Fábrica de Resende da Volkswagen Caminhões e Ônibus também reduz uso de energia elétrica e geração de resíduos, conforme Pacto Global da ONU

26 de junho de 2022

Volkswagen intensificou política de sustentabilidade em sua fábrica de Resende (foto: VWCO / Divulgação)

Compartilhe essa notícia:


Nos últimos três anos a Volkswagen Caminhões e Ônibus diminuiu em 50% o consumo de água em sua fábrica de Resende, no Sul Fluminense. Redução da mesma proporção também foi feita em energia elétrica e no volume de resíduos gerados, por veículo produzido, em sua operação.

Os resultados são frutos de uma série de ações que estão de acordo com a adesão da Volkswagen Caminhões e Ônibus ao Pacto Global das Organizações das Nações Unidas (ONU), a maior iniciativa corporativa global para o desenvolvimento sustentável.

Volkswagen firmou acordo com a UERJ

Entre as ações, a montadora firmou um acordo de cooperação com a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) para avançar no compromisso com a economia circular, em que reavalia de forma contínua toda a lógica de produção e consumo. A empresa também remapeou todo o sistema hídrico da fábrica para torná-lo mais eficiente, aumentou a destinação de resíduos para reaproveitamento e adotou um novo sistema de iluminação com lâmpadas de LED.

“Estamos sempre alertas nas oportunidades para reduzir o impacto ambiental de nossas atividades. Essa filosofia de preservação está no nosso código de conduta e entre os principais valores da Volkswagen Caminhões e Ônibus com o respeito à natureza. As iniciativas são contínuas e buscaremos sempre essa evolução dos indicadores”, declara Roberto Cortes, presidente e CEO da Volkswagen Caminhões e Ônibus.


Leia Também:

Câmara Municipal quer combater poluição sonora no Rio

Maricá facilita acesso a medicamentos especiais

Projeto da Alerj para recuperar o Centro agora é lei


/