VLT tem aprovação de 88%, e conforto agrada a 92% | Diário do Porto


Infraestrutura

VLT tem aprovação de 88%, e conforto agrada a 92%

Pesquisa realizada pelo Data Folha sobre o VLT abordou temas como conforto, segurança, limpeza e uso do transporte durante a pandemia de Covid-19

23 de maio de 2022

Estação do VLT carioca no Centro do Rio (Foto: Divulgação)

Compartilhe essa notícia:


O Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) segue agradando seus passageiros. Em pesquisa do Instituto Datafolha, 88% dos usuários do transporte avaliaram o sistema de forma positiva (bom ou muito bom). Além disso, a análise identificou que 89% dos entrevistados se sentiram seguros em utilizar o VLT durante a pandemia. No período, o moderno bonde que corta o centro adotou várias ações de prevenção.

O presidente do VLT carioca, Paulo Ferreira, reconhece que a avaliação da população carioca é essencial para que o transporte fique cada vez melhor. “Com as três linhas em operação e em meio a uma pandemia, ficamos felizes em ver que o usuário reconhece nosso serviço como confiável e seguro para fazer seus deslocamentos. Nosso desafio é manter esses números e o nível de serviço em patamar elevado com a chegada de novos passageiros”, afirma Ferreira.

 


LEIA TAMBÉM

Alerj cria grupo de trabalho para melhorar a vida em Paquetá
‘Um Dia de Cruzeiros no Rio’: Abav-RJ antecipa tendências
Casa Fluminense faz Fórum Rio 2022 no MAR

Outros aspectos avaliados na pesquisa sobre o VLT

Considerado o aspecto de maior importância, o conforto foi também o quesito mais bem avaliado na pesquisa, com aprovação de 92%. Temperatura ambiente, condições de embarque e  desembarque e a limpeza dos veículos foram outros itens verificados. Já a segurança operacional teve 80% de opiniões positivas, reconhecendo ações da concessionária na prevenção de acidentes.

Em relação à Covid-19, o quesito mais elogiado foi a limpeza das composições. Do público entrevistado, 57% passaram a utilizar o VLT no período de pandemia.

O deslocamento para o trabalho foi apontado como a principal razão de uso do sistema por 77%. Nos finais de semana até 52% realizam viagens para turismo ou lazer. “A pesquisa mostra que o VLT cumpre sua vocação de distribuir as pessoas que chegam para trabalhar todos os dias, além de ser um indutor de turismo, que incentiva a ocupação do Centro aos fins de semana. O desenvolvimento da região passa pelo VLT”, conclui o presidente do VLT Rio.


/