Vassouras ganhará museu dedicado ao Ciclo do Café | Diário do Porto


Turismo

Vassouras ganhará museu dedicado ao Ciclo do Café

Empresário Ronaldo Cézar Coelho está restaurando um casarão histórico da época do Império para transformá-lo no Museu Vila de Vassouras

31 de janeiro de 2022

Casarão do Império está em obras para se tornar Museu Vila de Vassouras (divulgação/Museu Vila de Vassouras)

Compartilhe essa notícia:


Por iniciativa do empresário Ronaldo Cézar Coelho, um casarão histórico de 1853 no alto da Praça Barão de Campo Belo, no centro de Vassouras, está em processo de restauração para transformar-se no Museu Vila de Vassouras.

Até 1910 o imóvel foi sede Hospital da Santa Casa de Misericórdia, quando o espaço passou a abrigar o Asilo Barão do Amparo. Quase um século depois, com graves problemas estruturais, o prédio se tornou um lugar inseguro e foi isolado.

Em 2017, o Instituto Vassouras Cultural, fundado por Cézar Coelho, adquiriu o casarão após seis anos de negociação com a Irmandade. A ideia é destacar a história do período entre 1830 e 1880, época do auge do Ciclo do Café no Rio de Janeiro, mas dando visibilidade a personagens invisibilizados e silenciados pela história, como a escrava Marianna Crioula.

As obras de restauração e construção Museu começaram  ainda em 2018, logo após a aquisição do prédio. A parte externa — toda ela tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) — aparentava estar em melhores condições, o que dava uma falsa impressão sobre o estado geral do conjunto.

No período em que ali funcionou como Asilo Barão do Amparo, o edifício ganhou anexos que não respeitavam o projeto original. A construção de uma série de “puxadinhos” descaracterizou ainda mais o imóvel.  Era necessário “escavar” a superfície para buscar os traços, os materiais e os acabamentos originais.

Paralelamente às obras no casarão, um grande trabalho de pesquisa está sendo realizado com objetivo de coletar vasto material para mostras e exposições. Além da história do Vale do Café, a temática ambiental também terá destaque no Museu Vila de Vassouras.

O projeto inclui, ainda, visitas programadas de escolas. Para isso, o museu contará com um amplo espaço dedicado à educação e acompanhamento permanente de profissionais de ensino.

Com inauguração prevista para este ano, o Museu Vila de Vassouras será um marco para a história de Vassouras e de todo Vale do Café.


LEIA TAMBÉM:

Prefeitura vai ao TCU contra edital do Santos Dumont

Orla Conde ganhará quiosques

Gol terá redução de imposto para aumentar voos no Galeão

 

 

 

 


/