Unidos pela Vacina: empresas aceleram vacinação no RJ | Diário do Porto

Solidariedade

Unidos pela Vacina: empresas aceleram vacinação no RJ

Metade dos 92 municípios fluminenses já foi “amadrinhada” por empresas que aderiram ao movimento Unidos pela Vacina. Meta é chegar até todos em julho

7 de junho de 2021


Voluntários do movimento Unidos pela Vacina no bairro de Campo Grande, Zona Oeste do Rio (Foto: Divulgação)


Compartilhe essa notícia:


Interessadas em acelerar a vacinação contra a Covid-19 para que a economia volte a crescer e gerar empregos, grandes empresas como se juntaram ao movimento Unidos pela Vacina, criado pela empresária Luiza Helena Trajano, para socorrer municípios em questões logísticas importantes para viabilizar a imunização. Entre as empresas estão L’Oreal, Enel, Porto do Açu, Porto do Sudeste, GNA (Gás Natural Açu) e NTS (Nova Transportadora do Sudeste).

“Madrinhas” do projeto, as empresas já conseguiram viabilizar a doação de caixas térmicas, refrigeradores científicos, geladeiras comuns e outros insumos como álcool gel, termômetros e barra de gelo, além de garantir a instalação de pontos de vacinação no modelo drive thru. No Estado do Rio de Janeiro, metade dos 92 municípios já foi “amadrinhada”.

No município do Rio, oito empresas doaram materiais e equipamentos para montagem de drive thru’s em diversos bairros, como Bangu, Barra da Tijuca (Parque Olímpico), Centro (Sambódromo), Campo Grande, Engenho de Dentro (Engenhão) Ilha do Governador (cidade universitária), Madureira e Santa Cruz.

“Ainda temos demandas para novas empresas em vários municípios. O ideal é as empresas nos consultarem e fazemos a ponte entre quem tem para dar e quem precisa receber”, sugere Guilherme Lencastre, presidente do Conselho da Enel e o empresário coordenador do movimento Unidos Pela Vacina no estado.

LEIA TAMBÉM

Fiocruz quer vacinar população de Paquetá para estudo

Rio começa a vacinar portuários e aeroportuários

Turismo de proximidade: argentinos e chilenos querem o Rio

 


Doações no Rio de Janeiro e Petrópolis

Outras empresas, como White Martins, Volkswagen, Michelin, Lukscolor, Bob’s, Grupo SOMA, Servier, B Braun, Droga Raia participam do movimento, além da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) e da Associação das Empresas do Distrito Industrial de Santa Cruz (Aedin).

Nesta sexta, dia 4, na Cidade das Artes, Barra da Tijuca, a Rede Economia entrega 70 caixas térmicas com termômetro para armazenamento e transporte da vacina contra a Covid-19, com presença do secretário municipal de Saúde Daniel Soranz. Na segunda, dia 7, haverá entrega de materiais e insumos em Petrópolis, com apoio da Carl Zeiss Vision.

“As empresas doam para os municípios materiais e equipamentos visando garantir agilidade e segurança no processo de vacinação. Nossa meta é que os 92 municípios sejam amadrinhados até julho. Precisamos ser mais rápidos que o vírus”, comenta a advogada e professora Ariane Trevisan Fiori, líder do Movimento Unidos Pela Vacina e do Grupo Mulheres do Brasil no Rio de Janeiro.

 

Unidos pela Vacina (3)
Voluntários do movimento Unidos pela Vacina na Cidade das Artes, Zona Oeste do Rio (Foto: Divulgação)

Sobre o Unidos Pela Vacina

O movimento é apartidário e nasceu com o objetivo de tornar viável a vacinação de todos os brasileiros até setembro de 2021, mas recentemente o objetivo foi antecipado para julho. A iniciativa já reúne mais de 4.000 pessoas entre artistas, cientistas, empresas e representantes de comunidades, entidades setoriais e da sociedade civil, além de mais de 90 mil mulheres empresárias.

Empresas que quiserem participar do movimento no estado podem consultar o site ou fazer contato pelo email rj@unidospelavacina.org.br.