Um novo olhar sobre a Baía de Guanabara | Diário do Porto


Para ler na rede

Um novo olhar sobre a Baía de Guanabara

Mais famosa baía do Brasil é objeto de olhar e estudo de Emanuel Alencar, ambientalista, escritor e jornalista especializado na pauta ambiental

1 de setembro de 2021

Emanuel Alencar lança livro que estuda a complexidade e beleza da Baía (divulgação)

Compartilhe essa notícia:


A Baía de Guanabara é palco da história do Brasil e abriga um múltiplo e diverso patrimônio ambiental, social, cultural e econômico que atravessa os séculos e fascinou o pintor francês Paul Gauguin e o compositor americano Cole Porter, como Caetano Veloso lindamente descreve em O Estrangeiro, música que abre seu álbum homônimo de 1989. E se o antropólogo e compatriota de Gauguin, Claude Lévi-Strauss, a achou uma enorme boca banguela, azar o dele.

Nesta segunda edição do livro, que terá lançamento virtual nesta quinta-feira (2), às 19h pelo bit.ly/livebaia, o escritor carioca Emanuel Alencar, assessor de Sustentabilidade e Transparência da Secretaria Municipal de Meio Ambiente da Prefeitura e jornalista especializado na cobertura ambiental, revisa e amplia as informações sobre esse ecossistema, atualizando especialmente os dados sobre o saneamento ambiental da região, inclusive a partir da concessão dos serviços que estavam sob a tutela da CEDAE. Também traz informações mais recentes sobre atividade pesqueira, fauna marinha, praias, poluição industrial, oleodutos, navios e a pandemia do COVID-19.


LEIA TAMBÉM:

Uma Cidade da Cerveja no Porto Maravilha

Sebrae Rio lança nova turma on-line do PDG

SEFAZ diz que aéreas não buscaram desconto do ICMS


Uma Baía de encantos e problemas

Emanuel Alencar desafiou a complexidade de uma Baía de Guanabara de descasos e resistências, construindo uma obra abrangente e ao mesmo tempo sintética, que percorre por histórias, fatos, dados, gráficos e narrativas um território que abriga 10 milhões de habitantes e recebe milhões de visitantes — que, mesmo de longe, reconhecem seus monumentos naturais, como as curvas do Pão de Açúcar e a majestade do Cristo Redentor (de braços abertos sobre a Guanabara).

Por oito anos o autor foi repórter especializado em meio ambiente do jornal “O Globo” e atuou como editor de conteúdo e assessor de Sustentabilidade  junto à curadoria do Museu do Amanhã. Tem mestrado em Engenharia Ambiental pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj); pós-graduação em Gestão Ambiental pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), em parceria com o Instituto Brasil PNUMA (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente); e é formado em Jornalismo pela Universidade Federal Fluminense (UFF).

Serviço:

A pré-venda já começou em https://morula.com.br/produto/baia-de-guanabara/,com 20% desconto. O lançamento oficial será nesta  quinta-feira (2), às 19h pelo https://www.youtube.com/watch?v=wUG3po9jvH0&feature=youtu.be.  O encontro virtual será mediado pela jornalista Cristina Serra.


/