Geral

Um clássico do charme carioca à venda por R$ 1,5 milhão

Sobrado fica no Largo dos Guimarâes, no coração de Santa Teresa, e faz parte da história de um dos bairros mais charmosos do Rio. Interesse estrangeiro tem aumentado

6 de dezembro de 2018
Armazém São Joaquim, no Largo dos Guimarães

Compartilhe essa notícia em sua rede social:
Bar que funcionava no prédio do Armazém São Joaquim (divulgação)
Bar que funcionava no prédio do Armazém São Joaquim (divulgação)

Não há uma alma carioca que não se encante com o Largo dos Guimarães, em Santa Teresa. É onde fica o cineminha de rua do bairro, remetendo ao poético filme italiano Cinema Paradiso. É onde fica também o sobrado colonial no qual funcionou o Armazém Cultural São Joaquim, com fachada de pedra de mão e massa amarelinha. Esse clássico de Santa, com 500 metros quadrados, está à venda pelo preço de um apartamento de dois quartos nos bairros caros do Rio: R$ 1,5 milhão.

LEIA TAMBÉM:

Roda gigante com ingresso a R$ 40 passa para as férias de julho

O futuro do Porto depende de residências e ordem nas ruas, diz Cláudio Castro

O armazém, que servia como um mercadinho do bairro, fechou com a morte da última dona, e o prédio quase foi invadido. Chegou a abrigar um bar de música ao vivo, o Armazém, mas hoje está lá, retratado nas muitas pinturas do bairro mas com as portas cerradas para ilustrar a crise da cidade.

Armazém São Joaquim, no Largo dos Guimarães
Armazém São Joaquim, no Largo dos Guimarães

Apesar do momento difícil e da bandidagem que comanda territórios em torno do bairro mais charmoso das montanhas cariocas, os imóveis de Santa Teresa voltaram a despertar o interesse de estrangeiros.

Um deles é o alemão Uwe Fabich, da Funkhaus de Berlim. Irlandeses da Lewis & Ho também restauraram diversas casas. A rede Accor, no ano passado, comprou o Hotel Santa Tereza por R$ 45 milhões, segundo o site Diário do Rio.

O gerente de Vendas da Sérgio Castro Imóveis, Nelson Borges, justifica o preço baixo do imóvel em função da necessidade de reformas, do inventário em curso e do fato de que uma pequena parte do armazém, de 40 metros quadrados, estar ocupada por alguém que se recusa a sair. Mas não tem dúvida: segundo a imobiliária, uma pequena intervenção é o suficiente para devolver o glamour do Armazém e dobrar seu valor de mercado.

Compartilhe essa notícia em sua rede social: