UFRJ está entre as 100 melhores universidades em Engenharia | Diário do Porto


Educação

UFRJ está entre as 100 melhores universidades em Engenharia

Ranking chinês avalia 1.800 universidades em 96 países. UFRJ tem destaque em Engenharia Naval e Oceânica, de Minas e Mineração

4 de agosto de 2022

A UFRJ é a única representante da América Latina no ranking de Engenharia Oceânica (Foto: UFRJ/ Divulgação)

Compartilhe essa notícia:


A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) está entre as 100 melhores universidades do mundo em duas áreas de engenharia, segundo o Global Ranking of Academic Subjects (Gras) 2022, apresentado em julho pela consultoria chinesa ShanghaiRanking. A classificação é um ranking mundial de universidades por disciplinas acadêmicas publicado desde 2017.

A UFRJ aparece entre as 100 melhores instituições mundiais em duas áreas de concentração: em Engenharia Naval e Oceânica ocupou a 28ª colocação, sendo a única da América Latina, e em Engenharia de Minas e Mineração ficou posicionada no grupo que ocupa entre o 76º e o 100º lugares. A Universidade também aparece entre as 200 melhores instituições de ensino superior nas áreas de concentração de Oceanografia, Ciência e Tecnologia dos Alimentos e Odontologia, nas quais ficou colocada no grupo que ocupa entre o 151º e o 200º lugares.

O Gras examinou as universidades pelas publicações que realizaram entre 2016 e 2020. O limite de publicações é definido conforme diferentes assuntos e os dados bibliométricos são coletados da Web of Science, plataforma on-line com base de dados de informações de bibliografias e citações, e do InCites, ferramenta on-line de avaliação de pesquisa baseada em citações.


LEIA TAMBÉM:

Pescadores retiram 200 toneladas de lixo da Baía de Guanabara

Maricá terá primeiro laboratório do MIT no Brasil

Alerj exige que Anac não leve voos do Rio para Campinas

 


Ranking que avaliou a UFRJ analisa universidades de 96 países

Gras 2022 contém classificações de universidades em 54 disciplinas em Ciências Naturais, Engenharia, Ciências da Vida, Ciências Médicas e Ciências Sociais. Estão listadas no ranking mais de 1.800 das 5 mil universidades em 96 países e regiões. Dentre os critérios acadêmicos usados para avaliação estão a produção de pesquisa, influência da pesquisa, colaboração internacional, qualidade da pesquisa e prêmios acadêmicos internacionais.

Até março de 2022, mais de mil professores das principais universidades do mundo participaram da pesquisa.


/