"TurisRock": desconto de 30% em hotéis do interior no Rock in Rio | Diário do Porto


Turismo

“TurisRock”: desconto de 30% em hotéis do interior no Rock in Rio

Witzel fala em dobrar para 4 milhões os turistas estrangeiros no Rio. Campanha TurisRock é para o turista esticar a presença no Estado do Rio

16 de maio de 2019

Centro Histórico de Paraty - Foto Dipo

Compartilhe essa notícia:


O governador do Rio, Wilson Witzel, afirmou que pretende alcançar a meta de 4 milhões de turistas estrangeiros por ano, até o final de seu mandato, em 2022, o que praticamente significa dobrar o número de visitantes de outros países ao Estado.

Atualmente a cidade brasileira que mais recebe turistas estrangeiros é São Paulo, com 2,8 milhões de visitantes ao ano, atraídos principalmente por um sólido calendário de eventos. Enquanto isso, a cidade do Rio, que já foi a porta de entrada do Brasil, alcança 1,3 milhão, menos da metade.

A estratégia de Witzel e do secretário de Turismo, Otavio Leite, para aumentar o fluxo de turistas externos será atuar principalmente junto ao público dos países que tiveram recentemente decretada a isenção de vistos pelo Governo Federal, ou seja, Estados Unidos, Japão, Canadá e Austrália.

A China é outro país para o qual o governo do Rio dará prioridade nas ações, pois anualmente cerca de 135 milhões de chineses fazem viagens internacionais e menos de 0,5% desse total vem ao Brasil, segundo o Ministério do Turismo.

Em outubro, será realizado o Fórum Global de Economia do Turismo em Macau, na China, e o Brasil será o país homenageado junto com a Argentina. O Governo Federal está analisando a possibilidade de implantar o visto eletrônico para os chineses, como forma de diminuir as exigências burocráticas e aumentar o número de visitantes daquele país.

Antes disso, o governador quer aproveitar um dos principais eventos do calendário carioca, o Rock in Rio, para tentar ampliar seus efeitos para as outras cidades do Estado. Por meio da campanha TurisRock, hotéis do interior fluminense irão oferecer descontos de 30% para turistas nacionais ou estrangeiros que tenham ingressos para o festival.

 


LEIA MAIS:

Hotéis do Rio tiveram 76% de ocupação nos primeiros 4 meses do ano

Pensando fora do quadrado: Rio, cidade federal

Mais uma Frente Parlamentar quer cassinos em resorts integrados


O governador, o presidente do festival, Roberto Medina, e o secretário Otavio Leite, assinaram nesta semana um termo de cooperação técnica para a realização do TurisRock.

A lista dos hotéis e pousadas estará disponível no hotsite da campanha, que entrará no ar no próximo dia 25 de maio. A promoção será válida de 20 de setembro a 13 de outubro para todas as cidades do estado, exceto a capital. O Rock In Rio será realizado nos dias 27, 28 e 29 de setembro e 3, 4, 5 e 6 de outubro, na Cidade do Rock, na Zona Oeste do Rio.

Medina destacou a importância de promover eventos e de propiciar segurança aos visitantes para desenvolver o turismo.

“Estamos fazendo um programa integrado, unindo forças da iniciativa privada com o Governo do Estado e a prefeitura. É a hora de nos unirmos para fazer um trabalho mínimo, em que a segurança seja fundamental e que tenhamos um calendário de eventos para o Estado”, afirmou Medina.

Todos os 700 mil ingressos do Rock In Rio já foram vendidos e 75% deles foram comprados por pessoas de outros Estados do país. Esse número é equivalente ao do último Carnaval, quando quase 80% dos hóspedes de hotéis da cidade do Rio vieram de São Paulo, Minas Gerais e de cidades do próprio interior fluminense.

Isso comprova que há um grande potencial para tornar o turismo doméstico no grande motor desse setor econômico no Rio, garantindo altas taxas de ocupação da rede hoteleira durante o ano inteiro.

A fidelização do turista doméstico propicia condições para aumentar a atração dos turistas estrangeiros, na medida em diminui a rotatividade da mão de obra e aumenta as oportunidades para uma maior profissionalização do atendimento.

 

 

 

 

 

 

 


/