TurisRock: 133 hotéis aderem à promoção do Rock in Rio | Diário do Porto


Turismo

TurisRock: 133 hotéis aderem à promoção do Rock in Rio

Descontos de 30% serão dados em hotéis e pousadas de 26 cidades do interior do Estado, para os turistas que vierem ao Rock in Rio

22 de julho de 2019

Arraial do Cabo é uma das 26 cidades do interior do Rio que estão na campanha (foto: TurisRock)

Compartilhe essa notícia:


A campanha TurisRock já alcançou a adesão de 133 hotéise pousadas, em 26 cidades do interior do Estado. Esses estabelecimentos se comprometem a dar 30% de desconto em diárias para os turistas que vierem ao Rock in Rio, que teve todos os seus 700 mil ingressos vendidos.

O festival musical acontece na cidade do Rio nos dias 27, 28 e 29 de setembro e 3, 4, 5 e 6 de outubro. A campanha estimula que os turistas estiquem sua estadia para conhecer destinos no interior fluminense, antes e depois do evento. Por isso terá validade de 20 de setembro a 13 de outubro.

Para ganhar o desconto, basta que o hóspede, no momento da reserva, diga que comprou o ingresso e depois o apresente no check in. Detalhes sobre as cidades e estabelecimentos participantes podem ser vistos no hotsite da campanha, https://www.turisrock.com/, que é resultado de uma parceria entre a organização do festival e a Secretaria de Estado de Turismo.

O objetivo do TurisRock é fazer que outras regiões do Estado também se beneficiem com a vinda de turistas brasileiros e estrangeiros ao Rock In Rio. “São pessoas que virão ao Rio de Janeiro e que terão a oportunidade de conhecer outras praças turísticas do Estado. Vamos mostrar para elas as múltiplas possibilidades de destinos muito interessantes para serem desfrutadas antes, durante e depois do festival”, afirma o secretário estadual de Turismo, Otavio Leite.


LEIA TAMBÉM:

Justiça impede derrubar floresta para fazer autódromo

Compradores do Moinho Fluminense investem em prédios comerciais

Busca pelo Rio cresce 145% em site de turismo


Todos os 700 mil ingressos do Rock In Rio já foram vendidos e 75% deles foram comprados por pessoas de outros Estados do país. Esse percentual é equivalente ao do último Carnaval, quando quase 80% dos hóspedes de hotéis da cidade do Rio vieram de São Paulo, Minas Gerais e de cidades do próprio interior fluminense.

Isso comprova que há um grande potencial para tornar o turismo doméstico no grande motor desse setor econômico no Rio, garantindo altas taxas de ocupação da rede hoteleira durante o ano inteiro.

A fidelização do turista doméstico propicia condições para aumentar também a atração dos turistas estrangeiros, na medida em diminui a rotatividade da mão de obra e aumenta as oportunidades para uma maior profissionalização do atendimento.

O governador do Rio, Wilson Witzel, já afirmou que pretende alcançar a meta de 4 milhões de turistas estrangeiros por ano, até o final de seu mandato, em 2022, o que praticamente significa dobrar o número de visitantes de outros países ao Estado.