Turismo no Rio: cresce a procura pelo interior em julho | Diário do Porto


Turismo

Turismo no Rio: cresce a procura pelo interior em julho

Procura por cidades no interior do estado passou de 30% em junho para 60% em julho. Governador discute com ministros vacinação e retomada do turismo

4 de agosto de 2021

Vassouras foi um dos destinos mais procurados neste inverno (Foto: Suellem Lopes)

Compartilhe essa notícia:


Com o avanço da vacinação contra a Covid-19 e o frio mais intenso neste inverno, aumentou a procura de cidades do interior do Estado do Rio de Janeiro como destinos turísticos. Dados da Secretaria de Estado de Turismo mostram que, mesmo ainda sofrendo reflexos da pandemia, houve um aumento pela procura em várias regiões turísticas, saltando de 30% em junho para 60,4% em julho.

O crescimento no tradicional mês das férias escolares de meio de ano animou o setor de turismo. A ocupação hoteleira para algumas cidades fluminenses nos fins de semana de julho chegou a 75%, de acordo com levantamento da Associação de Hotéis do Rio de Janeiro (ABIH-RJ). Foi o caso de Petrópolis, na região turística de Serra Verde Imperial, e de Conservatória, distrito de Valença, no Vale do Café.

Outras cidades também se destacaram, como Vassouras, também na região turística do Vale do Café, que registrou 70%; Itatiaia, na região das Agulhas Negras, ficou com 55%; e Teresópolis e Nova Friburgo, na Serra Verde Imperial, marcaram, respectivamente, 50% e 37,5% de ocupação. Além disso, houve um aumento na média geral, que estava na casa dos 35% em junho e passou para 60,4% em julho.

“O turismo é fundamental para nosso estado e estamos trabalhando para que a retomada ocorra de forma segura e com responsabilidade, para que todos que venham visitar o Rio de Janeiro sintam-se seguros”, avaliou o governador Cláudio Castro. Nesta terça 3 ele recebeu os ministros da Saúde, da Saúde, Marcelo Queiroga, e do Turismo, Gilson Machado Neto, para discutir a vacinação e a retomada do turismo.

Turismo no Rio em tempos de pandemia

Para Neto, o estado é uma das portas de entrada da América Latina para o turismo nacional e internacional. “Estamos trabalhando em conjunto para promovermos um turismo seguro para todos que cheguem ao estado do Rio de Janeiro. Hoje, a situação está sob controle e continuamos atuando de forma preventiva para que o cenário fique cada vez melhor”, acrescentou o ministro do Turismo.

“Sabemos que a variante Delta é uma preocupação, mas estamos trabalhando duro para continuar o processo de vacinação para conter o avanço da Covid-19. A ciência tem nos mostrado que só com a vacina conseguiremos vencer esse vírus”, destacou o governador. Já Queiroga ressaltou que o Estado está seguindo à risca o Plano Nacional de Vacinação (PNI).

“Felizmente nos encontramos em um cenário mais positivo, mas não podemos deixar de tomar todos os cuidados. Estamos trabalhando para acelerar a nossa campanha de imunização e a ampliação da capacidade de testagem. Além disso, o governador já nos solicitou doses extras de vacina para o estado”, afirmou o ministro da Saúde.

No início de julho, a Setur-RJ lançou a campanha digital Férias RJ, com o objetivo de promover os destinos fluminenses no período do recesso escolar, trazendo visitantes de estados próximos e do próprio Rio de Janeiro. Além disso, a ideia é mostrar que o estado é seguro e segue os protocolos do Turismo Consciente RJ. A campanha está sendo veiculada nas redes sociais da Setur e também está disponível no link https://bit.ly/CampanhaSeturFeriasRJ.

Claudio Castro se reuniu com os ministros da Saúde e do Turismo (Foto: Divulgação)

 


LEIA TAMBÉM

Porto em Maricá terá investimento de R$ 12,8 bilhões

Sesc RJ na Estrada mostra fazenda de 200 anos, em Barra Mansa

Nissan inicia cooperação com universidades do Rio