Carnaval

Tuiuti: prêmio para enredo que critica políticos e armas

Comunidade vizinha à Mangueira também leva à Sapucaí enredo ácido contra os políticos, com críticas diretas contra o presidente. Veja fotos da Tuiuti 2019

5 de março de 2019
O Bode Ioiô, que teve votos para se eleger vereador, foi o enredo da Tuiuti (fotos Aziz Filho)

Compartilhe essa notícia em sua rede social:

A Unidos do Tuiuti, que no ano passado surpreendeu o país pela acidez de seu enredo político, repetiu a dose em 2019. O enredo sobre o bode Ioiô, que recebeu votos suficientes para eleger-se vereador de Fortaleza nos anos 1920, deu carona a críticas fortíssimas à elite política do país.

O bode Ioiô foi usado como metáfora de um sistema que exclui e explora a população. O enredo foi premiado pelo Estandarte de Ouro, do jornal O Globo. O jornal premiou a Mangueira como o melhor desfile de 2019, também com fortes tons políticos.

No ano passado, Michel Temer foi alvo da Tuiuti. Este ano, a direita esteve na mira, ao ponto de uma ala mostrar coxinhas armadas, uma crítica direta ao discurso do presidente Jair Bolsonaro. No último carro, frases aludiam a falas do presidente e seus aliados: “Deus acima de tudo, mas a favor da tortura”, “Direitos humanos para humanos direitos”.

O desfile foi alegre e levou o público a entoar o refrão com facilidade e empolgando, mas o excesso de componentes levou a escola a acelerar para não estourar o tempo. O DIÁRIO DO PORTO fotografou algumas cenas do desfile. Confira.

 

Paraíso do Tuiuti 2019

 

 

 

 

 

 

 

 

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe essa notícia em sua rede social: