Tuiuti: prêmio para enredo que critica políticos e armas | Diário do Porto


Carnaval

Tuiuti: prêmio para enredo que critica políticos e armas

Comunidade vizinha à Mangueira também leva à Sapucaí enredo ácido contra os políticos, com críticas diretas contra o presidente. Veja fotos da Tuiuti 2019

5 de março de 2019

O Bode Ioiô, que teve votos para se eleger vereador, foi o enredo da Tuiuti (fotos Aziz Filho)

Compartilhe essa notícia:


A Unidos do Tuiuti, que no ano passado surpreendeu o país pela acidez de seu enredo político, repetiu a dose em 2019. O enredo sobre o bode Ioiô, que recebeu votos suficientes para eleger-se vereador de Fortaleza nos anos 1920, deu carona a críticas fortíssimas à elite política do país.

O bode Ioiô foi usado como metáfora de um sistema que exclui e explora a população. O enredo foi premiado pelo Estandarte de Ouro, do jornal O Globo. O jornal premiou a Mangueira como o melhor desfile de 2019, também com fortes tons políticos.

No ano passado, Michel Temer foi alvo da Tuiuti. Este ano, a direita esteve na mira, ao ponto de uma ala mostrar coxinhas armadas, uma crítica direta ao discurso do presidente Jair Bolsonaro. No último carro, frases aludiam a falas do presidente e seus aliados: “Deus acima de tudo, mas a favor da tortura”, “Direitos humanos para humanos direitos”.

O desfile foi alegre e levou o público a entoar o refrão com facilidade e empolgando, mas o excesso de componentes levou a escola a acelerar para não estourar o tempo. O DIÁRIO DO PORTO fotografou algumas cenas do desfile. Confira.

 

Paraíso do Tuiuti 2019

 

 

 

 

 

 

 

 

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


/