Toneladas de plantas recolhidas em praias da Região dos Lagos | Diário do Porto

Sustentabilidade

Toneladas de plantas recolhidas em praias da Região dos Lagos

Ação em lagoa do município de Carapebus para evitar enchentes levou plantas para a Região dos Lagos. Arraial do Cabo, Búzios e Cabo Frio foram afetados

20 de dezembro de 2019


Faixa de areia de praias ficaram tomadas por uma grande quantidade de plantas (Divulgação)


Compartilhe essa notícia:


Cerca de 230 toneladas de vegetação foram recolhidas nas praias de Armação dos Búzios, Arraial do Cabo e Cabo Frio. As plantas de água doce, entre taboas e gigogas, chegaram à região a partir de terça-feira 17. Segundo os municípios, o aparecimento do material é por conta da abertura de um canal para extravasar as águas de uma lagoa em Carapebus, durante as fortes chuvas no Norte Fluminense.

Dentre os municípios, Arraial do Cabo foi o mais atingido. De acordo com a secretaria de Serviços Públicos, nos dois primeiros dias de trabalho foram removidas 300 toneladas da vegetação.

O material, que não é tóxico nem altera a balneabilidade da água, chegou ontem à Praia dos Anjos. A Prainha, a Praia do Pontal da Vila Industrial e a Praia do Forno também foram afetadas. O material está sendo recolhido por funcionários da Secretaria de Serviços Públicos, do Meio Ambiente e do Idac (Instituto de Desenvolvimento de Arraial do Cabo) com o auxílio de retroescavadeiras, máquinas patrol, corretas e caminhões.

Em entrevista ao site Folha de Lagos, o secretário de Meio Ambiente de Arraial do Cabo, Arildo Mendes, lamentou o episódio. “Liberar o rio não é o problema, mas é preciso saber que o lixo pode sair junto. Cada um é responsável pelo seu lixo. Mas não estamos querendo briga”, comentou o secretário.


LEIA TAMBÉM:

Firjan projeta aumento na economia do Rio em 2020

Festival Rap Bazar BR celebra os 45 anos do Hip-Hop

Turistas movimentam o fim de ano no Porto do Rio


Segundo a Prefeitura de Cabo Frio, a vegetação continua chegando nas praias do Forte, Peró, Conchas e Tamoios. Equipes de coleta trabalham em dois turnos para fazer a retirada do material. Na quarta, foram recolhidas cerca de 80 toneladas nas praias. A vegetação também atinge a Praia da Rasa, mas por causa da maré alta, ainda não foi possível iniciar a coleta.

“Não há dano ambiental, pois, este tipo de vegetação é inofensiva. Estamos fazendo a retirada por questão estética”, explicou Mario Flavio Moreira, secretário de Meio Ambiente de Cabo Frio.

Coleta de vegetação nas praias
Funcionários coletam vegetação das praias em Búzios (divulgação)

Em Búzios, as plantas apareceram bastante nas praias Brava, João Fernandes, Canto, Manguinhos e Rasa. O município divulgou que está atuando com força máxima para limpar as praias atingidas e assegurar a balneabilidade.

“Uma ação intensificada nessas localidades já está acontecendo desde segunda-feira. Diante disso, a cidade de Búzios continua agindo com celeridade para que as praias recuperem sua beleza habitual”, divulgou a prefeitura.

Vegetação veio de Carapebus

De acordo com a Prefeitura de Carapebus, houve uma abertura à barra da Lagoa de Carapebus na última sexta-feira. A ação foi emergencial, pois as ruas centrais do município ficaram alagadas com devido aos fortes temporais.

A Prefeitura afirma ainda que para fazer a intervenção teve autorização do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que é o órgão gestor do Parque Nacional de Jurubatiba.

As Prefeituras pedem a colaboração de todos os banhistas para que fiquem atentos às orientações dos agentes durante as operações e não se aproximem das máquinas.

 

Plantas em Arraial do Cabo
Plantas chegam nas encostas de Arraial do Cabo (Divulgação/Drone Adventures Brazil)


Warning: Unknown: write failed: No space left on device (28) in Unknown on line 0

Warning: Unknown: Failed to write session data (files). Please verify that the current setting of session.save_path is correct (/tmp) in Unknown on line 0