Temporada de inverno atrai turistas para a Região Serrana e Sul do estado | Diário do Porto


Turismo

Temporada de inverno atrai turistas para a Região Serrana e Sul do estado

Hotéis estimam ocupação acima de 85% com a chegada do inverno. Petrópolis, Teresópolis e Friburgo são os destinos mais procurados

6 de junho de 2022

Catedral de Petrópolis: hotéis da cidade recebem muitos tutistas no inverno (Foto: Evaldo Macedo/Imce)

Compartilhe essa notícia:


Pesquisa realizada pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio de Janeiro (ABIH Rio) aponta uma expectativa de ocupação de 85 a 90% nos destinos de inverno no estado. Petrópolis, Teresópolis e Friburgo estão entre os mais procurados por quem quer tirar o casaco do armário e sentir aquele frio gostoso na serra. Após longo período com ocupações limitadas por conta da pandemia, as perspectivas da hotelaria são de reservas concorridas entre junho e meados de agosto.

O presidente da ABIH-Rio, Paulo Michel, comemora o número de ocupações esperados pela rede hoteleira no interior do Rio. “Estas cidades são favorecidas pela sazonalidade do turismo, mas também oferecem, nesta época do ano, tradicionais festejos juninos, gastronomia típica e meios de hospedagem com atrativos diferenciados para o público de família, que ainda aproveita o período de férias escolares em julho para agendar estadias prolongadas”.


LEIA TAMBÉM

Petrópolis recebe evento para os amantes de vinho

Governo cria programa para restaurar prédios históricos

Pão de Açúcar apresenta projeto de tirolesa em comemoração aos seus 110 anos


Hotéis da Região Sul também se preparam para o inverno

Não é só a Região Serrana que se prepara para receber turistas nessa época do ano. O sul fluminense, representado por Itatiaia, Resende e Penedo, também movimentar o turismo local. O Vale do Café, que possui a maior quantidade de hotéis-fazenda na região, projeta alta nas vendas, impulsionada pelas programações e festivais que acontecem nesse período. A alta temporada nos destinos de inverno já começou e vai até meados de agosto.


/