SuperVia convida turistas para visitar quadras de escolas de samba

Site da concessionária lista quatro escolas entre os pontos turísticos do Rio que podem ser visitados utilizando-se o transporte ferroviário metropolitano

As quadras das escolas de samba já começaram a ferver, com o processo, sempre disputadíssimo, de escolha dos sambas enredo para o desfile no Sambódromo no Carnaval do ano que vem. Na sua quadra na Zona Portuária, a Unidos da Tijuca promoveu a sua final de samba-enredo, com quatro concorrentes, neste sábado.

Antes da disputa, teve roda de samba com o grupo Samba Cristalino e show dos segmentos da escola, com o intérprete WantuirPara o próximo ano, a Unidos da Tijuca prepara o enredo “Cada macaco no seu galho. Ô, meu Pai, me dê o pão que eu não morro de fome”, da comissão de carnaval formada por Laíla, Annik Salmon, Fran Sérgio, Marcus Paulo e Hélcio Paim

Nem todo carioca e turista sabe que é possível chegar a muitas quadras usando os trens da SuperVia.  O site da concessionária inclui quatro quadras de escolas de samba entre os pontos turísticos do Rio de Janeiro aos quais é possível chegar usando os trens. São elas: Estação Primeira de Mangueira, Beija-Flor de Nilópolis, Portela e Mocidade Independente de Padre Miguel.

Ala das Baianas da Mangueira na Apoteose (Foto: Aziz Filho)

Mangueira:

Como ressalta a SuperVia, o Grêmio Recreativo Escola de Samba Estação Primeira de Mangueira (ou apenas Mangueira), fundado em 1928, é um dos maiores ganhadores do Carnaval Carioca, ficando atrás apenas da Portela. Você pode pegar um trem do ramal Deodoro e desembarcar na estação São Francisco Xavier. A quadra fica a 7 minutos de caminhada. Saiba mais sobre a Mangueira no Guia Maravilha.

Beija-Flor:

É uma das grandes campeãs do Sambódromo, eternizada por desfiles históricos sob o comando de grandes carnavalescos. O mais inesquecível é Joãosinho Trinta. Você pode pegar um trem do ramal Japeri e desembarcar na estação Nilópolis. A quadra da Beija-Flor fica a 11 minutos (à pé) da estação. Saiba mais sobre a Beija-Flor no Guia Maravilha.

Portela:

Fundada em 1926, é uma das fundadoras do Carnaval Carioca e dona do maior número de títulos. Seus desfiles costumam ser sempre emocionantes, arrastando uma das maiores torcidas do Sambódromo. A Velha Guarda é a mais festejada. Você pode pegar um trem do ramal Deodoro e desembarcar na estação Oswaldo Cruz. A quadra fica a 10 minutos da estação, caminhando. Saiba mais sobre a Portela no Guia Maravilha.

Mocidade:

Com uma bateria eletrizante, a escola de Padre Miguel é a nobre representante da Zona Oeste da capital no seleto grupo das campeãs do Carnaval Carioca. Desde 1979, quando conquistou o primeiro título com o carnavalesco Arlindo Rodrigues, fez algumas das apresentações mais inventivas do Sambódromo, com Fernando Pinto e, depois, Renato Lage. Você pode pegar um trem do ramal Santa Cruz e desembarcar na estação Mocidade/Padre Miguel. A quadra fica a 7 minutos a pé. Saiba mais sobre a Mocidade no Guia Maravilha

Todas as Notícias