Seminário PetroTIC debate a transformação no setor de energia | Diário do Porto


Energia

Seminário PetroTIC debate a transformação no setor de energia

A 11ª edição do Seminário PetroTIC será totalmente on-line, nos dias 26 e 27 de maio, e abordará as potencialidades da tecnologia na indústria de Óleo e Gás

19 de maio de 2021

Cristina Pinho, diretora executiva do IBP, será palestrante no Seminário PetroTIC (Foto: André Luiz Mello)

Compartilhe essa notícia:


Nos dias 26 e 27 de maio a Assespro- RJ (Federação das Associações das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação) realizará a 11ª edição do Seminário PetroTIC. O encontro virtual abordará a transformação digital no setor de energia, e as competências necessárias para aplicá-la de forma efetiva no mercado, viabilizando alternativas sustentáveis. As inscrições podem ser feitas pelo site.

“A transformação digital no setor de energia tem aspectos de alta relevância, uma vez que impacta diretamente na nossa qualidade de vida no futuro. As tecnologias digitais são uma excelente oportunidade para trazer novos modelos de negócios”, pontua Maria Luiza Reis, presidente da Assespro-RJ.

Seminário PetroTIC: negócios na era digital

Nos seus painéis e palestras, executivos irão mostrar como estão endereçando as grandes questões de infraestrutura, segurança, logística e sustentabilidade. Entre os destaques está a palestra “Oportunidades e desafios do setor de energia na era da tecnologia digital“, tema que será abordado por Cristina Pinho, diretora executiva do IBP.

Outros temas que serão abordados serão: Analytics, Automação, Descarbonização, Eficiência Energética, Internet das Coisas, Matriz Energética, Monitoramento e Sustentabilidade, dentre outros.

Maria Luiza Reis também pontua que, com a tecnologia adequada, o setor será capaz de reduzir custos e aumentar a segurança e eficiência operacional tornando a indústria brasileira mais competitiva. “É necessário o desenvolvimento de mecanismos de apoio financeiro, infraestrutura tecnológica, segurança cibernética e desenvolvimento de cultura de inovação”, acrescenta.

Clique aqui e confira a programação completa


LEIA TAMBÉM

Jaguar Land Rover voltará a fabricar o Evoque em Itatiaia

Marco Regulatório está pronto na Câmara e legaliza cassinos

Firjan: demanda por gás natural deve duplicar até 2026