Santos Dumont opera normalmente no 1º dia útil | Diário do Porto

Infraestrutura

Santos Dumont opera normalmente no 1º dia útil

Durante o fechamento da pista principal do Santos Dumont, o Aeroporto Internacional Tom Jobim bateu recordes e recebeu 1,6 milhão de passageiros

23 de setembro de 2019
Durante as obras, a Azul ampliou voos no Santos Dumont (Alexandre Macieira/Riotur)


Compartilhe essa notícia:


Até as 18h, o Aeroporto Santos Dumont operou sem maiores problemas no primeiro dia útil após o período de quase um mês em que sua pista principal passou por reformas. Houve o retorno da maior parte dos voos das grandes companhias, com exceção da Gol, que adiou sua volta para o dia seguinte. Segundo a Infraero, só 3,7% dos voos haviam sofrido algum atraso.

Durante o período das obras, a Azul aproveitou que suas aeronaves estavam adequadas para pousos e decolagens na pista auxiliar do Santos Dumont e ampliou sua participação na grade, estreando voos para a ponte-aérea com o Aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

A operação de voos a partir do Santos Dumont para São Paulo, seja para Congonhas ou Guarulhos, tem atendido nos últimos meses ao mercado crescente de baldeação de passageiros do Rio em busca de destinos internacionais. Desde o ano passado, companhias estrangeiras e nacionais têm comunicado o cancelamento de voos diretos a partir do Rio para o exterior, numa estratégia de redução de custos com concentração nos aeroportos paulistas.

Para reagir contra esse esvaziamento do Rio, a Secretaria Estadual de Turismo anunciou recentemente que o Estado iria reduzir13% para 7% a tributação do ICMS sobre o combustível de aviação, nos casos de criação de novos voos a partir dos aeroportos cariocas. Até o momento, isso não aconteceu.


LEIA TAMBÉM:

Otavio Leite inaugura mapão do RJ na Rodoviária do Rio

Ocupação do Novotel Porto Atlântico cresce 206%

Workshop com ator Daniel Barcelos no Porto


VOOS NO GALEÃO

O Aeroporto Internacional Tom Jobim anunciou que recebeu 1,6 milhão de passageiros, durante os 29 dias em que duraram a obras no Santos Dumont. Nesse período, o Galeão concentrou quase toda a demanda de voos da cidade do Rio de Janeiro, com a operação de 12.400 voos e mantendo-se 100% aberto durante todos os dias.

A maior movimentação do período foi registrada no dia 30 de agosto, quando cerca de 66 mil pessoas voaram pelo aeroporto internacional. O número representa o recorde de passageiros do RIOgaleão em um único dia. Antes deste período, a marca até então, de 64 mil passageiros, havia sido alcançada em 12 de agosto de 2016, durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Entre 24 de agosto e 21 de setembro, o RIOgaleão operou, em média, 428 voos por dia, um aumento de 89% em relação à movimentação média diária do aeroporto, que é de 227 voos. Entre os passageiros, o movimento médio diário subiu de 35 mil para 54 mil pessoas.