Santa Teresa ganha programa Bairro Seguro | Diário do Porto


Segurança

Santa Teresa ganha programa Bairro Seguro

Solenidade do Bairro Seguro contou com governador Cláudio Castro. Deputado Rodrigo Amorim, que quebrou a placa de Marielle Franco, foi xingado por moradores

16 de outubro de 2021

Em inauguração do Bairro Seguro, Cláudio Castro discursa (reprodução internet)

Compartilhe essa notícia:


O bairro de Santa Teresa já faz parte do projeto “Bairro Seguro”, inaugurado neste sábado na região com a presença do governador Cláudio Castro. O programa oferecerá cinco viaturas para fazer patrulhamento 24 horas em cerca de cinco quilômetros quadrados.

Há três bases fixas: no Largo dos Guimarães, no Largo do França e na Rua Professor Mauriti Santos. O trabalho será feito em conjunto com a Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Morro dos Prazeres.

Santa Teresa, seus moradores e seus comerciantes só ganham com esta iniciativa, que vem para tranquilizar também os turistas e visitantes que amam o bairro”, disse Claudio André de Castro, diretor da Sergio Castro Imóveis.

 


LEIA TAMBÉM:

Palácio Tiradentes recebe exposição de Dante Alighieri

Confiança dos empresários do Rio volta a crescer

Ditadura é a moldura de novo livro de Fernando Molica


Os moradores aproveitaram para reivindicar ao governador a retomada de outras linhas do bondinho, além da principal que continua em operação. Cláudio Castro prometeu realizar reunião com equipe técnica da Secretaria de Transportes para estudar meios de atender ao pedido.

A inauguração foi marcada por um princípio de tumulto. O deputado estadual Rodrigo Amorim (PSL) foi vaiado e chamado de assassino e milicianos por moradores. Amorim, o mais votado em 2018 para a Alerj, é conhecido por ter quebrado uma placa em homenagem à vereadora Marielle Franco seis meses depois de ela ter sido morta, supostamente por encomenda de milicianos, com três tiros na cabeça e um no pescoço, em 14 de março de 2018.