Rodoviária do Rio investe mais de R$ 5 milhões em nova reforma | Diário do Porto


Geral

Rodoviária do Rio investe mais de R$ 5 milhões em nova reforma

Um elevador vai facilitar a mobilidade na nova Rodoviária do Rio. Fachada foi reformada na terceira fase da remodelação do segundo maior terminal do País

17 de dezembro de 2018

Exposição comemora os 55 anos da rodoviária que é a porta de entrada do Rio (divulgação)

Compartilhe essa notícia:


Fachada da entrada para embarque
Fachada da entrada para embarque (divulgação)

A primeira impressão é a que fica. Por isso é tão importante, para as cidades turísticas, causar boa sensação aos visitantes no momento do desembarque. A Concessionária Novo Rio, que administra a segunda maior rodoviária do País, deu mais um passo estratégico para o turismo no Rio de Janeiro ao entregar a terceira fase de melhorias do terminal.

Foram mais de R$ 5 milhões investidos na reforma completa das fachadas do terminal e do estacionamento, no sistema de acesso automatizado para o embarque e em um novo mix de produtos e serviços na área comercial. A identidade visual foi remodelada, consolidando a rodoviária como patrimônio carioca e equipamento fundamental para o Porto Maravilha.

 


VEJA TAMBÉM:

Ônibus com mimos para passageiro turbinam turismo rodoviário

Diretor da Odebrecht diz que Santo Cristo é mais seguro do que Botafogo

BRT Transbrasil vai chegar até a Central e criar 2 mil empregos


 

O novo site oficial, agora www.rodoviariadorio.com.br, facilita a navegação e disponibiliza mais informações sobre os serviços oferecidos aos passageiros. A partir de agora, para acompanhar a nova Rodoviária do Rio nas redes sociais, o usuário deve procurar por @rodoviariadorio.

Mudança na marca

Elaborada pelo Studio Áttila, a nova marca tem como base as setas que simbolizam as conexões e destinos oferecidos. Ganhou cores que refletem a natureza carioca e o relevo do Pão de Açúcar.

“A nova marca Rodoviária do Rio pretende consolidar o terminal como patrimônio do Rio e importante equipamento de integração do Porto Maravilha. Afinal, há décadas exercemos um papel fundamental na mobilidade da população e dos turistas, com um movimento médio mensal de 1 milhão de passageiros. Nossa ligação é muito forte com a população e com a cidade”, explica Roberto Faria, diretor-presidente da Concessionária Novo Rio.

As melhorias

Edifício garagem ganha elevador: mais mobilidade
Edifício garagem ganha elevador: mais mobilidade

A terceira fase da transformação da rodoviária inaugura fachadas bem modernas. Elas foram projetadas pelo escritório de Fernanda Salles. As intervenções anteriores foram em 2009, a maior reforma, e o novo aparato na estrutura de informação turística em função da Copa e da Rio 2016.

Agora a mobilidade dos usuários ganha um elevador no edifício garagem, um sistema automatizado de acesso às plataformas e uma nova área comercial. As obras de modernização das fachadas e no estacionamento começaram em agosto. A pintura e estrutura metálica de policarbonato deu lugar a telas em alumínio e vidro, que também estampam a nova logomarca.

Revitalização Comercial

Nem só de embarque e desembarque vive um terminal rodoviário . A área comercial do terminal, com um mix amplo e atrativo, chega a 60 lojas e quiosques. Os segmentos principais são vestuário, livraria, bomboniere, farmácia, perfumaria, telefonia e artigos de viagem. As lojas ficam em corredores climatizados, com duas praças de alimentação. Entre as 14 opções estão Spoleto, Giraffas, Mega Mate, Bob’s e Via Rio.

Entre as novidades estão a loja Coisas Mil, a Ehven Pedras e a nova farmácia ‘Brasil Rio” no desembarque. A Movida também iniciou operações, oferecendo aluguel de automóveis.

Investimento de R$ 80 milhões

Nas três etapas dessa transformação, a Rodoviária do Rio passou por intervenções de mais de R$80 milhões. A última pesquisa encomendada pela concessionária (Insider – Novembro), 93% dos usuários disseram aprovar as melhorias, ressaltando a importância da rodoviária em seus deslocamentos A integração com o VLT é o destaque. Disseram estar satisfeitos com as novas instalações 83% dos entrevistados. O Rio merece.


/