Roda gigante: centenas de pessoas buscam emprego | Diário do Porto

Empregos

Roda gigante: centenas de pessoas buscam emprego

As gôndolas estão instaladas e a inauguração será em dezembro. Vagas de empregos são preferencialmente para moradores da Região Portuária

8 de outubro de 2019
Primeiro candidato da fila por emprego chegou às 19h do dia anterior (foto: Diário do Porto)


Compartilhe essa notícia:


Centenas de pessoas formaram uma fila imensa na manhã desta terça-feira (7), num dos acessos ao morro da Providência. Eram candidatos ao quadro de funcionários da roda gigante Rio Star, que está sendo construída no Porto Maravilha. O processo seletivo dá prioridade a moradores da região. Eles disputam 80 vagas de emprego, com salários entre R$ 1.400 e R$ 1.800.

A seleção começou às 9h, na estação Gamboa do teleférico da Providência. O objetivo da Rio Star é incluir as pessoas da comunidade no quadro de profissionais da empresa e também gerar renda nos bairros e comunidades da Região Portuária. As vagas disputadas são de atendente de cafeteria, atendente de lanchonete, atendente de loja, auxiliar administrativo, auxiliar de atendimento bilíngue, auxiliar de cozinha e operador de caixa.

O primeiro candidato chegou às 19h da noite anterior, e levou uma cadeira para esperar sentado. Ele atuava como auxiliar de limpeza e está sem emprego formal desde o ano passado. “É muito difícil encarar o desemprego. Quando vi o anúncio, não pensei duas vezes. O que rolar, estou aceitando. Não posso ficar parado”, contou Márcio dos Santos, morador da Providência.

Ao lado dele, também moradora do bairro, Bianca Gonzaga, de 23 anos, buscava o primeiro emprego. “Nunca trabalhei, não tenho experiência. Quero um emprego para retomar meus estudos em Informática e fazer cursos de qualificação”, disse.

Avaliação criteriosa

Os candidatos deixaram documentos e preencheram uma ficha de cadastro, antes da entrevista individual. O processo seletivo é conduzido pela Personale Consultoria. Priscila Fernandes, coordenadora do recrutamento, explica que toda a experiência profissional e as habilidades dos candidatos serão consideradas.

“Nosso objetivo hoje é fazer uma avaliação curricular minuciosa e traçar o perfil desse possível colaborador. Ainda que ele não se enquadre no perfil de uma vaga, podemos aproveitar suas habilidades em outra”, disse.

Elida Macedo, de 43 anos, foi uma das candidatas que chegou quando a fila já dobrava a rua. Mesmo assim, não desanimou. “Já trabalhei como vigilante, cobradora, recepcionista e sou técnica em radiologia. Como já tenho muita experiência, acredito que a minha será um diferencial no currículo”, conta.

A roda gigante Rio Star deve ser inaugurada em dezembro (Foto: Diário do Porto)

Roda Gigante Rio Star

A Rio Star tem previsão para ser inaugurada no dia 7 ou 8 de dezembro. Com 88 metros de altura, está entre as 20 maiores do mundo. Chegar ao seu topo é o mesmo que olhar a paisagem na cobertura de um prédio de 25 andares.

A empresa que vai operar a roda gigante espera receber 1 milhão de visitantes por ano. As 54 cabines climatizadas, com capacidade para 8 pessoas cada, podem transportar o total de 432 pessoas a cada 15 minutos.

Os visitantes poderão ver, de um lado, o Centro da cidade, com o Pão de Açúcar e o Cristo Redentor ao fundo e, em primeiro plano, a comunidade da Providência. É justamente ali, na primeira favela do Brasil, que se espera recrutar boa parte dos trabalhadores.

No outro lado da roda gigante, a vista é a da Baía de Guanabara e a Ponte Rio-Niterói. Em dias de céu bem limpo, é possível avistar a Serra dos Órgãos e o Dedo de Deus, em Teresópolis, na Região Serrana.


LEIA TAMBÉM:

labGov.RIO quer ser um grande centro de inovação no Porto

Veste Rio: roupa chique com até 80% de desconto

Sem acessibilidade: SuperVia pode ter multa de R$ 1 milhão