Rock in Rio lota hotéis e movimenta R$ 1,7 bilhão | Diário do Porto


Turismo

Rock in Rio lota hotéis e movimenta R$ 1,7 bilhão

60% dos ingressos do Rock in Rio foram vendidos para turistas, na maioria de São Paulo, Minas e Bahia. A maior parte dos estrangeiros vem dos EUA

28 de setembro de 2019

A Cidade do Rock é a sede do Rock in Rio, na Zona Oeste da cidade (foto: Riotur / Alexandre Macieira)

Compartilhe essa notícia:


O Rock in Rio vendeu 60% dos seus 700 mil ingressos para visitantes de fora do Rio de Janeiro. O resultado disso se reflete na rede hoteleira da cidade, que prevê mais de 80% de ocupação durante os sete dias do festival.

Segundo estudo produzido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), o evento, que ocorre  entre 27 e 29 deste mês e 3 e 6 de outubro, movimenta R$ 1,7 bilhão no Estado, superando a última edição, em 2017, que movimentou R$ 1,4 bilhão.

O grande número de visitantes atraídos pelo Rock in Rio o coloca no patamar do Reveillon e Carnaval, os dois maiores eventos do calendário turístico da cidade, aponta o presidente do Hotéis Rio (Sindicato dos Meios de Hospedagens do Município), Alfredo Lopes.


LEIA TAMBÉM:

Temporada de cruzeiros traz 11,8% a mais de turistas

Galeão dá vantagens ao público do Rock in Rio

Gigante Enel Brasil ancora no Porto Maravilha


Já o secretário de Turismo do Estado do Rio, Otavio Leite, destaca que o festival tem efeitos também para outras cidades fluminenses. Ele se refere principalmente à primeira edição do TurisRock, programa em que 173 hotéis e pousadas do interior se cadastraram para oferecer descontos de 30% nas hospedagens de turistas que apresentarem ingressos do Rock in Rio.

“O festival é um evento consagrado e estratégico. Aproveitamos a oportunidade para lançar o TurisRock, que permite aos turistas conhecerem outras atrações e destinos do Estado, seja antes, durante ou depois dos dias do evento. Esse é um momento em que o Rio de Janeiro revela a plenitude de sua vocação turística“, afirma Otavio Leite.

A maioria dos turistas que estão vindo para o Rock in Rio são brasileiros, de São Paulo, Minas Gerais e Bahia. Já entre os estrangeiros, os norte-americanos lideram a lista, seguidos pelos argentinos e franceses. Ao todo, pessoas de 73 países compraram ingressos, incluindo Rússia, Emirados Árabes, Polônia, Noruega, Chile, Dinamarca e Canadá.

 


/