Rock In Rio é Patrimônio Cultural Imaterial do RJ | Diário do Porto


Música

Rock In Rio é Patrimônio Cultural Imaterial do RJ

Sancionada pelo governador Cláudio Castro, lei torna o Rock in Rio Patrimônio Cultural Imaterial do Estado. Próxima edição acontece em setembro

17 de março de 2022

Maior festival de rock do País agora é Patrimônio Imaterial Cultural do RJ (Foto: Divulgação)

Compartilhe essa notícia:


Maior e mais importante festival de música do País, o Rock In Rio agora é Patrimônio Cultural Imaterial do Estado do Rio de Janeiro. É o que prevê a Lei 9.599/22 aprovada pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) e sancionada pelo governador Cláudio Castro e publicada nesta quarta-feira (16/03) em edição extraordinária do Diário Oficial.

Criado pelo empresário e publicitário Roberto Medina, o evento já teve oito edições no Rio de Janeiro, sendo a primeira delas em 1985, cumpre um papel que vai além de um festival musical. A próxima vai acontecer em setembro. Com ampla programação que se estende por mais de um final de semana na capital fluminense, o RiR atrai fãs de todas as regiões do Brasil e do Mundo, fomentando o turismo local e estimulando a economia do Estado.

“Ao trazer artistas nacionais e internacionais que são ícones de diferentes estilos e gerações, o Rock In Rio demonstra sua relevância para a cultura e, além disso, ainda estimula a nossa economia. A lei reconhece a importância que o festival tem para o Estado”, disse o governador Cláudio Castro.

Ao longo dos anos, o RiR foi ganhando ainda mais peso e ultrapassou as fronteiras do estado e do Brasil. Até esse ano foram oito edições em Lisboa (Portugal), três em Madri (Espanha) e uma em Las Vegas (Estados Unidos).

Na lista de grandes artistas e bandas internacionais e brasileiras que já se apresentaram no palco do Rock In Rio estão Queen, Iron Maiden, Rod Stewart, Beyoncé, Rita Lee, Foo Fighters, Guns and Roses Barão Vermelho, Ney Matogrosso, Os Paralamas do Sucesso e Titãs, entre outros. O projeto de lei é de autoria da deputada Alana Passos (PSL).


LEIA TAMBÉM:

Polícia utilizará imagens das câmeras dos hotéis de Copacabana

Maricá busca investimentos em evento na França

Programa da Prefeitura vai revitalizar 500 praças até fim do ano


/