RJ investirá R$ 120 mi em obras nos distritos industriais | Diário do Porto


Infraestrutura

RJ investirá R$ 120 mi em obras nos distritos industriais

Pleito antigo da Firjan, obras estruturantes nos distritos industriais do Estado serão executadas ainda esse ano, segundo governador Cláudio Castro

1 de fevereiro de 2022

Governador Cláudio Castro e o presidente da Firjan, Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira (divulgação/Firjan)

Compartilhe essa notícia:


O governador Cláudio Castro anunciou hoje que lançará em breve o programa de recuperação dos Distritos Industriais fluminenses, um pleito antigo da Firjan. Serão investidos cerca de R$ 120 milhões em obras de infraestrutura, incluindo pavimentação, acesso rodoviário e saneamento em áreas sob responsabilidade da Companhia de Desenvolvimento Industrial do Rio de Janeiro, além dos distritos administrados por municípios e nos futuros locais a serem instalados, como em Areal e Tanguá.

O anúncio foi feito durante a primeira reunião do Conselho de Representantes da Firjan e do Conselho de Administração CIRJ. O encontro reservado na sede da Firjan reuniu virtualmente dezenas de industriais fluminenses.

O presidente da federação Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira destacou atuação do governador em pleitos importantes, como a conquista na alteração da modelagem do edital de concessão do Aeroporto Santos Dumont. “O governo do estado tem avançado em pautas importantes para o desenvolvimento do Rio de Janeiro, como a questão do Santos Dumont, a implantação do GasLub, importante ativo de gás para o empresariado, e os investimentos em infraestrutura na região do Porto do Açu, no Norte fluminense”, enumerou Eduardo Eugenio.

Além de detalhar o programa para os Distritos Industriais, o secretário estadual de Infraestrutura e Obras, Max Lemos, confirmou que o estado aproveitou quase que 100% das 22 sugestões apresentadas pelo estudo “Rio Canteiro de Obras”, documento elaborado pela Federação. Lemos acrescentou que já iniciaram as intervenções na Teresópolis-Friburgo, assim como a licitação para a retomada das obras da Ponte da Integração.

Segundo o secretário, os investimentos no Estado irão atender tanto o setor produtivo industrial quanto os setores do turismo e de serviços, citando uma nova ponte sobre o rio Paraíba do Sul, em Resende, e uma estrada entre os distritos de Secretário e Cebolas, no Centro Sul fluminense.

Vice-presidente da Firjan, Carlos Erane de Aguiar solicitou o apoio do governo do estado junto ao Governo Federal para a agilizar o processo de concessão do Arco Metropolitano, principal artéria de ligação entre o Sul e o Norte da BR 101, mais que ainda sofre com a falta de segurança local. Cláudio Castro assegurou a importância da estrada para o desenvolvimento econômico de toda a região atendida pelo Arco Metropolitano.

Também participaram do evento presencial, o vice-presidente da Federação Carlos Fernando Gross, o vice-presidente CIRJ Carlos Frederico de Aguiar, e os diretores Mauro Varejão, Luiz Carlos Renaux e Henrique Antonio Nora. Além dos secretários Gustavo Tutuca, de Turismo; Matheus Quintal, de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos; Gelby Justo, de Ações Comunitárias e Juventude; Rodrigo Abel, chefe de Gabinete; e Allan Borges, subsecretário de Habitação e coordenador executivo do programa estadual de cidadania e segurança pública, Cidade Integrada.


LEIA TAMBÉM:

Centro de Estudos da Maré recebe prêmio Marielle Franco da Alerj

Ceciliano: “Mudança na licitação do Santos Dumont não beneficia RJ”

Cia. Docas põe à venda antiga sede na Rua Acre

 

 

 


/