RIOgaleão tem laboratório do Einstein para coronavírus | Diário do Porto

Inovação

RIOgaleão tem laboratório do Einstein para coronavírus

Laboratório do Albert Einstein no RIOgaleão fará resultados do exame RT-PCR em até 4 horas e atendimento médico por telemedicina

24 de fevereiro de 2021


A clínica terá a capacidade de fazer 340 coletas por dia (Foto: Divulgação/Clinica Eistein)


Compartilhe essa notícia:


O Hospital Albert Einstein, de São Paulo, inaugurou uma unidade no Aeroporto do Rio de Janeiro (RIOgaleão) para realização de testes RT-PCR, para detecção do novo coronavírus, além de aplicação de vacinas e consultas via telemedicina.

A unidade funcionará inicialmente das 7h às 22h no terminal 2 do aeroporto. A partir de 29 de março, passa a ser 24h e também vai oferecer serviços de vacinas e de consultas por telemedicina, nos moldes da clínica do hospital instalada no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.

O investimento no local é de R$ 3,5 milhões. O principal público do local é composto pelos passageiros de voos internacionais, de acordo com dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

 


LEIA TAMBÉM

Preços altos afastam interessados no Porto Maravilha

Alerj deve aprovar auxílio emergencial de até R$ 300

YouTube Space fecha seu maior estúdio, no Porto


Teste de Covid-19 no RIOgaleão

O RT-PCR é um teste molecular que detecta a covid-19 por meio de uma análise da amostra de secreção nasal. A clínica terá a capacidade de fazer 340 coletas por dia, e cada teste custa R$ 350,00. Na unidade, o resultado será entregue inicialmente em até 48h. No fim de março, o prazo será reduzido para no máximo 4h.

O passageiro poderá realizar o exame antes do seu embarque, poupando assim, tempo na chegada ao seu destino. Atualmente, mais de 50 países exigem a apresentação do exame RT-PCR negativo para desembarque em seus territórios.

“Estamos muito felizes com a chegada do Einstein ao RIOgaleão. É mais um serviço de extrema relevância que nos orgulhamos em oferecer ao Rio de Janeiro por meio desta parceria, especialmente para as demandas dos passageiros com voos internacionais. A adoção de medidas que permitam o fluxo de passageiros com mais segurança é sempre nossa prioridade”, afirma Alexandre Monteiro, presidente do RIOgaleão.