Busca pelo Rio cresce 145% em site de turismo | Diário do Porto


Turismo

Busca pelo Rio cresce 145% em site de turismo

Governador Wilson Witzel quer extinguir RioTur e criar uma nova agência, com a iniciativa privada. Pesquisa mostra maior interesse pelo turismo doméstico

14 de julho de 2019

Painel da Prefeitura mostra que 29 bairros da cidade já têm contaminação pelo coronavírus (foto: Alexandre Macieira/Riotur)

Compartilhe essa notícia:


O Rio de Janeiro é o destino turístico que mais cresceu nas buscas realizadas por brasileiros no site de viagensKayak, nos últimos seis meses. Em relação ao mesmo período do ano passado, o crescimento foi de 145%.

O Kayak foi fundado nos Estados Unidos, em 2004, e está presente no Brasil há 5 anos. Anualmente, o site processa 1,5 bilhão de pesquisas de viagem, em 20 idiomas.

Depois do Rio, os destinos domésticos que mais cresceram nas buscas foram Brasília (139%), São Paulo (131%) e Recife (130%). Segundo Eduardo Fleury, gerente das operações do Kayak no Brasil, esse crescimento na procura por destinos domésticos é um reflexo da alta do valor do dólar e da instabilidade econômica do país, fatores que restringem as viagens ao exterior.

O secretário de Estado de Turismo do Rio, Otávio Leite, vê esse momento de crise como uma oportunidade para o desenvolvimento do turismo doméstico e diz que o Rio está preparado para aproveitar a conjuntura.

“O turismo é uma vocação máster do Rio de Janeiro. O governador Wilson Witzel compreende e fixa prioridade. Todos os setores do governo se engajam. Os números da segurança pública melhoram a cada dia e a percepção de que estamos avançando já está repercutindo”, afirma o secretário.


LEIA TAMBÉM:

Vote no Ambulatório da Providência: 30 anos de solidariedade

Frente de Turismo defende legalização de cassino no Brasil

Aeroporto Santos Dumont terá obras de 24/8 a 21/9


Em alta também está o turismo interno, dentro do próprio Estado do Rio. Isso é o que conclui levantamento do Instituto Fecomercio de Pesquisas e Análises feito entre 19 e 25 de junho deste ano.

Segundo essa pesquisa, 82,8% dos fluminenses preferem viajar para destinos do próprio Estado. O instituto ouviu 500 pessoas em diferentes cidades e 43,2% delas apontaram que a segurança é o principal ponto a ser melhorado.

O desenvolvimento do turismo nas cidades do interior do Estado é uma das intenções apontadas pelo governador Wilson Witzel para justificar a transformação da TurisRio, empresa pública ligada à Secretaria de Turismo, em uma agência que conte com a participação da iniciativa privada.

O governador pretende neste segundo semestre enviar um projeto de lei para a Assembleia Legislativa propondo a extinção da TurisRio e a criação da nova empresa mista. De acordo com a proposta, a nova agência trabalhará para a promoção da capital e das cidades do interior fluminense, buscando intensificar o turismo em todo o Estado.