Saúde

Rio suspende ônibus intermunicipais e para outros Estados

Governo decreta emergência e Rodoviária do Rio está adotando medidas para combater contágio. Prefeitura diz que nos ônibus só podem passageiros sentados

17 de março de 2020
A Rodoviária do Rio realiza ações para a prevenção do coronavírus (Foto: Divulgação/Rodoviária do Rio)

Compartilhe essa notícia:


A Rodoviária do Rio está se mobilizando para cumprir decreto do governador Wilson Witzel, que suspendeu a entrada ou saída de ônibus para Estados com casos confirmados de circulação do novo coronavírus. Também estão suspensas as viagens de ônibus entre a Região Metropolitana do Rio e os demais municípios do Estado. As medidas visam diminuir a circulação de pessoas e combater o contágio da população.

Dentro da Região Metropolitana, as viagens somente poderão ser realizadas com os passageiros sentados. Segundo o Departamento de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro (Detro), esses municípios são: Rio de Janeiro, Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Maricá, Magé, Tanguá, Rio Bonito, Guapimirim, Cachoeira de Macacu, Paracambi, Japeri, Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Belford Roxo, São João de Meriti, Mesquita, Nilópolis, Queimados, Seropédica, Itaguaí e Petrópolis.

Na cidade do Rio, a Prefeitura determinou que as empresas de ônibus urbanos e o BRT não podem mais transportar passageiros em pé. A medida tem o objetivo de evitar superlotação dos coletivos, o que propicia maior contato entre as pessoas. Segundo o prefeito Marcelo Crivella, haverá multas para as empresas infratoras.

Na Rodoviária do Rio, ônibus que já estavam a caminho da cidade ainda estão sendo recebidos no terminal. Algumas companhias, como o grupo JCA responsável por empresas como a 1001, Cometa, Macaense, Expresso do Sul e Catarinense, já suspenderam todas as viagens programadas para dentro e fora do estado do Rio. Já a viação Útil e as empresas do grupo, Sampaio e Brisa, suspenderam as viagens intermunicipais, mas ainda mantiveram algumas viagens interestaduais, com ofertas de horários reduzidas.

 


LEIA MAIS:

Pandemia de coronavírus encerra a temporada de navios

Governador anuncia emergência para combater coronavírus

Para combater vírus, roda gigante Rio Star paralisa atividades


A Rodoviária do Rio já havia tomado medidas de prevenção ao coronavírus, tais como campanhas educativas nos monitores do terminal e nos canais de relacionamento. O álcool em gel, que também estava disponível e chegou a faltar por dificuldade de fornecimento pela indústria, deverá retornar em breve, segundo a concessionária. “A distribuição de álcool em gel se normalizará provavelmente nesta quinta-feira, quando receberemos nova provisão”, afirma nota da empresa.

De acordo com o Detro, o passageiro que tiver passagens para municípios em restrição, deverão ser ressarcidos pelas empresas. Em nota, a Rodoviária do Rio explica que “passageiros com passagens já compradas devem procurar as viações diretamente para esclarecimento de dúvidas sobre a interrupção do serviço ou reembolso e cancelamentos”. Outras dúvidas sobre o terminal podem ser questionadas pelo telefone (21) 3213-1800, pelo e-mail: sac@rodoviariadorio.com.br ou através das redes sociais usando o @rodoviariadorio