Colômbia e Argentina retomam cruzeiros. Píer Mauá aguarda Anvisa | Diário do Porto


Turismo

Colômbia e Argentina retomam cruzeiros. Píer Mauá aguarda Anvisa

Colômbia já voltou ao circuito, e Argentina reabrirá a partir de outubro. A chegada de cruzeiros ao Píer Mauá depende da Anvisa, que espera vacinação

28 de agosto de 2021

Cenário saudoso: navios de cruzeiros no Píer Mauá (Divulgação)

Compartilhe essa notícia:


A pandemia da Covid-19, a partir de março do ano passado, praticamente varreu do mapa os roteiros de transatlânticos, com perda de um número ainda inestimável de empregos. Nunca uma temporada de cruzeiros no Píer Mauá foi tão esperada como a de 2021/2022.

Na Colômbia, a retomada começou no último dia 23, com Star Breeze atracando em Cartagena depois de mais de um ano e meio sem embarques de armadores. Na Argentina, o retorno progressivo dos roteiros bioceânico e antártico está previsto para começar em 20 de outubro.  Mas, e no Brasil, quando será a retomada?

Depende da Anvisa

Seguindo modelos dos Estados Unidos e Europa, que já voltaram ao circuito, empresas brasileiras buscam adequar suas estruturas aos protocolos sanitários anti-Covid. A expectativa é de que sete navios deixem a costa brasileira entre novembro e maio, acenando com 35 mil empregos diretos e indiretos e um impacto na economia de RS$ 2,5 bilhões.

O governo do Rio de Janeiro mandou este mês uma carta ao Ministério do Turismo colocando-se a favor da volta da temporada de cruzeiros no Píer Mauá em novembro.  A ideia conta com apoio do Ministério do Turismo e de prefeituras das cidades portuárias, mas as empresas aguardam o aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que deve vir depois que a vacinação chegar a 70% da população.

MSC Preziosa em novembro

No Pier Mauá, a previsão de chegada da primeira embarcação é 4 de novembro: o navio MSC Preziosa, com capacidade para 4.400 pessoas, deve passar o dia ancorado na Praça Mauá. O último da temporada seria o Navigator Of The Seas, chegando em 11 de maio e seguindo para Buenos Aires dia 12. Para a temporada 2021/2022 são esperados no Pier Mauá 36 navios de várias partes do Brasil e do mundo, com mais de 107 mil passageiros.

 


LEIA TAMBÉM:

Nobre Bar e Grill será o novo restaurante do AQWA

Porto pode ser a “casa” dos nômades digitais no Rio

Josier Vilar: após o susto, bom senso prevalece no Rio


 

Na agenda das empresas ligadas ao mercado de cruzeiros no Píer Mauá, a maior novidade é a organização de procedimentos sanitários, com teste de Covid-19 no terminal, higienização das embarcações e prevenção da proliferação de doenças. Para Américo Rocha, diretor de operações do Pier Mauá, não tem porque a temporada não ocorrer.

“Diante da demora da Anvisa na tomada de decisão da abertura dos portos brasileiros, o maior problema do setor não é somente a perda de receita decorrente da pandemia, mas sim a falta de previsibilidade. O lado bom disso tudo é que os cruzeiros estão com preços bem acessíveis. Vale uma consulta nas agências de viagens para adquirir um bom pacote”, sugere.

Outros destinos procurados pelos brasileiros são Santos, Angra dos Reis, Balneário Camboriú, Búzios, Cabo Frio, Fortaleza, Ilha Grande, Ilhabela, Itajaí, Maceió, Porto Belo, Recife, Ubatuba, Salvador, Ilhéus, Buenos Aires, Punta del Este e Montevidéu.

 


/