Retomada de Cruzeiros é novamente adiada | Diário do Porto


Turismo

Retomada de Cruzeiros é novamente adiada

Autoridades federais adiaram novamente a decisão sobre reinício da temporada de Cruzeiros. Enquanto isso navios aguardam na costa de Santos

5 de fevereiro de 2022

MSC Preziosa é um dos navios que aguardam definição sobre retomada da temporada de Cruzeiros (DIÁRIO DO PORTO)

Compartilhe essa notícia:


Pela terceira vez seguida, as autoridades federais, Ministério da Saúde, do Turismo, Anvisa, adiaram a decisão sobre a retomada da Temporada de Cruzeiros 2022. O anúncio estava previsto para hoje. Mas foi postergado para o próximo dia 18 de fevereiro. A indefinição só aumenta a incerteza do setor, um dos mais castigados pela pandemia do Covid-19 agravada pelo surgimento da variante Ômicron.

Os navios que deram início a temporada em novembro estão fundeados na costa próxima ao Porto de Santos aguardando a decisão final dos órgãos sanitários. Em 13 de janeiro, a Anvisa recomendou o cancelamento da temporada. Mas os ministérios da Saúde e do Turismo decidiram aguardar mais um pouco para avaliar a evolução da nova variante. Mas com o número recorde de casos registrado nos últimos dias dificilmente os resorts flutuantes vão voltar a navegar pela costa brasileira este ano.

Termporada de Cruzeiros em risco

Se confirmado, o cancelamento da temporada de Cruzeiros será um duro golpe para o Pier Mauá, empresa que administra os terminais de passageiros do Porto do Rio. Até 12/05, data da partida do último navio da temporada, eram esperados 165 mil passageiros nas 22 embarcações que aportariam no Rio. Por conta da volta dos gigantes dos marés, o Pier Mauá deixou de receber grandes eventos como o Rio Gastronomia e Mondial de la Bière, o grande festival de cervejas da cidade, pois foram realizados em datas que coincidiram com a chegada dos navios. Até ontem, 13 partidas foram canceladas por conta da Ômicron. Até dia 14, data da nova  batida de martelo, serão mais três, além de outras 33 previstas até o último navio retornar ao seu porto de origem.


LEIA TAMBÉM:

Cavalo-Marinho é o bicho do mês no AquaRio

Novo restaurante do TJ RJ no Centro abre na terça-feira

Paes adverte investidores a evitarem Santos Dumont, se edital não mudar


/