Referência em direitos humanos tem obra lançada no Palácio Itamaraty | Diário do Porto


Literatura

Referência em direitos humanos tem obra lançada no Palácio Itamaraty

Livro e documentário “Sergio Vieira de Mello: o legado de um herói brasileiro” narra a trajetória do diplomata brasileiro que morreu há 15 anos num atentado terrorista em Bagdá. Lançamento acontece nesta quinta (16) no Palácio do Itamaraty, no Centro do Rio

14 de agosto de 2018

Sergio Vieira de Mello morreu em agosto de 2003 durante um atentado terrorista em Bagdá (Foto: Divulgação)

Compartilhe essa notícia:


Sergio Vieira de Mello
Sergio Vieira de Mello morreu em agosto de 2003 durante um atentado terrorista em Bagdá (Foto: Divulgação)

Referência mundial em direitos humanos, o diplomata brasileiro Sergio Vieira de Mello, morto durante um atentado terrorista em Bagdá em agosto de 2003, é homenageado com o lançamento de um livro nesta quinta-feira (16), no Palácio do Itamaraty, Centro do Rio.

O livro e documentário “Sergio Vieira de Mello: o legado de um herói brasileiro” narra a trajetória do diplomata brasileiro na passagem dos 15 anos da sua morte do diplomata. A obra tem o apoio do Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (Unic Rio). 

Escrito pelo jornalista Wagner Sarmento, o livro conta a história do alto-comissário da ONU, apontado como responsável por importantes avanços sócio-políticos no Timor-Leste. Representante máximo das Nações Unidas no Iraque, Sergio Vieira de Mello era visto como o futuro secretário-geral da ONU, devido à grande habilidade de negociação e paixão pelo trabalho em campo.

Com uma narrativa realista, a obra tem o prefácio do político e jurista timorense José Ramos-Horta, vencedor do Nobel da Paz em 1996. O projeto conduzido pela ZAZ Produções levou cinco anos para ficar pronto, após mais de 100 entrevistas realizadas em quase 80 mil quilômetros rodados e pesquisas sobre temas como paz e refúgio.

O evento terá um coquetel e bate-papo com o jornalista Wagner Sarmento e o diretor-geral do projeto, André Zavarize, sobre o processo de criação do documentário e do livro. “O que podemos notar é que ele continua vivo. Sua herança permanece e suas ações ainda ecoam em diversos países. É um brasileiro do qual temos que nos orgulhar”, afirma Zavarize.

O público presente terá oportunidade de assistir a uma “avant-première” do documentário, dirigido e produzido por Zavarize e que estará em breve nos festivais de cinema brasileiros.

Serviço:

Local: Palácio do Itamaraty
Endereço: Avenida Marechal Floriano 196 – Centro – Rio de Janeiro/RJ
Data: 16 de agosto de 2018
Horário: a partir das 11h

Para participar, inscreva-se em goo.gl/JR7fhT

 


/