Prefeitura inicia obras do Terminal Intermodal Gentileza | Diário do Porto


Mobilidade

Prefeitura inicia obras do Terminal Intermodal Gentileza

Cerca de 130 mil pessoas deverão ser beneficiadas pela obra da Prefeitura, que terá conexão entre BRT, VLT e linhas de ônibus

25 de julho de 2022

Para o prefeito do Rio, Eduardo Paes, o terminal facilitará a vida dos cariocas (Foto: Prefeitura do Rio/ Divulgação)

Compartilhe essa notícia:


A Prefeitura do Rio iniciou as obras do Terminal Intermodal Gentileza (TIG), no antigo terreno do Gasômetro, na Região Portuária. A obra, que deve ficar pronta até o fim de 2023, será realizada com material reaproveitado do Centro Internacional de Transmissão (IBC). O TIG vai ser uma estação de integração entre o BRT Transbrasil, VLT e linhas de ônibus municipais regulares.

A expectativa é de que o projeto atenda cerca de 130 mil pessoas por dia, integrando o BRT Transbrasil, 22 linhas de ônibus municipais e as linhas 1 e 2 do VLT, que será estendido por cerca de 700 metros até a área do Gasômetro. O prefeito Eduardo Paes, presente na solenidade, ressaltou a importância da integração que será feita pelo terminal.

“Aqui vai ser o verdadeiro terminal de integração da Transbrasil. Teremos a integração total com o VLT. O passageiro chega de BRT e, se for para o Centro, pode pegar o VLT. Se for para a Zona Sul ou Tijuca, pega um ônibus. A Transbrasil vai se encontrar com a Transolímpica em Deodoro, com a Transcarioca na altura de Ramos e com o VLT no Terminal Gentileza. Com eles, as pessoas terão suas vidas facilitadas, com bilhete integrado. Quem pegar um BRT não vai precisar pagar um novo bilhete para o VLT. Com o novo modelo de bilhetagem e subsídio, a Prefeitura vai conseguir fazer essa integração”, afirmou.

A entrega está prevista para acontecer em etapas. O primeiro modal a entrar em operação será o BRT. Em seguida, os ônibus municipais passarão a fazer ponto final no local. Por último, será entregue a extensão do VLT, toda a estrutura do terminal e entorno no último trimestre de 2023. Circularão por hora no local até 95 ônibus do BRT, 21 composições do VLT e 137 ônibus municipais.


LEIA TAMBÉM:

Será que vale a pena?

Proteção da Amazônia pesa no voto, mostra pesquisa

Rio aumenta em 90% suas produções cinematográficas


Prefeitura retomou obras do BRT Transbrasil

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria de Infraestrutura, retomou a obra do BRT Transbrasil em agosto do ano passado. A obra ficou paralisada ao longo da última gestão e, atualmente, segue o cronograma previsto. A obra termina no final deste ano e o investimento total é de R$ 1,89 bilhão.

No total, serão 18 estações, quatro terminais – Deodoro, Margaridas, Missões e o intermodal Gentileza – e mais 22 intervenções como viadutos e alargamentos de pistas ao longo de 25 km de via. As estações já estão tomando forma, várias passarelas da Avenida Brasil foram substituídas e algumas estão na fase de fundação e fabricação para posterior colocação.


/