Prefeitura e Light investem para economizar energia | Diário do Porto


Infraestrutura

Prefeitura e Light investem para economizar energia

Investimento, com verbas da Light, é de cerca de R$ 6 milhões em projetos na sede da Prefeitura e no Centro de Operações Rio (COR)

31 de agosto de 2019

Painéis solares estão sendo instalados no teto da sede da Prefeitura (foto: divulgação)

Compartilhe essa notícia:


Cerca de R$ 6 milhões estão sendo investidos pela Prefeitura do Rio, numa parceria com a Light, para projetos de eficiência energética, que envolvem a instalação de painéis de energia solar, troca de lâmpadas obsoletas por novas com tecnologia LED e readequação dos sistemas de ar-condicionado, entre outras medidas.

Os projetos estão sendo executados no Centro Administrativo São Sebastião (CASS), sede da Prefeitura, e no Centro de Operações Rio (COR), edifícios que ficam na Cidade Nova, na região central.

Na sede da Prefeitura, a previsão de economia com consumo de energia chega a R$ 2,2 milhões por ano. A instalação dos painéis solares no teto  do prédio será concluída neste mês, e 22 mil lâmpadas serão substituídas até fevereiro do próximo ano.

No Centro de Operações Rio (COR), o projeto já está apresentando resultados. Uma usina com 48 painéis solares instalados na cobertura do prédio começou a produzir energia elétrica, para consumo interno.


LEIA TAMBÉM:

Concessionária deixará a operação de túneis do Porto

Firjan entra na briga pelos museus do Porto

Prefeito volta a defender cassinos no Rio


Essa iniciativa no COR, junto com outras, permite uma economia anual de aproximadamente 113,18 MWh. Isso é equivalente ao consumo anual de 51 residências, cada uma com 4 pessoas. O investimento neste projeto foi de R$ 250,2 mil, divididos entre recursos aportados pela Light (R$ 226 mil) e contrapartida do próprio COR (R$ 24 mil).

O Projeto de Eficiência Energética da sede da Prefeitura ganhou o primeiro lugar numa chamada promovida pela Light para apoiar iniciativas de gestores da administração pública.

O projeto apresentado à Light nasceu de um relatório elaborado em 2015 e intitulado Diagnóstico de Eficiência Energética do CASS. O plano tem o objetivo de melhorar a qualidade do ambiente de trabalho dos servidores municipais e oferecer conforto aos visitantes que vão à Prefeitura em busca de serviços públicos. Também visa gerar economia, com a redução das despesas de consumo de eletricidade.


/