Prefeitura do Rio lança site para vender imóveis | Diário do Porto


Imóveis

Prefeitura do Rio lança site para vender imóveis

As vendas no site são feitas por licitação pública, para o lance de maior valor. Também há ofertas para concessão, permissão e cessão de uso

5 de julho de 2019

Prédio em Copacaban com sala comercial que a Prefeitura quer vender (Foto: Prefeitura do Rio/Divulgação)

Compartilhe essa notícia:


Uma sala comercial em Copacabana, com lance mínimo de R$ 321 mil, ou um terreno no Recreio dos Bandeirantes, por R$ 4,1 milhões, são algumas das 6 opções inicialmente disponíveis no site licitaimoveis.rio, que a Prefeitura do Rio de Janeiro acaba de lançar, para negociar imóveis que pertencem ao Poder Público.

A modalidade de negociação para os dois exemplos é por licitação pública, com venda para o maior lance. Porém o site também terá imóveis  ofertados por concessão, permissão e cessão de uso.

Quem estiver interessado, poderá saber a localização do imóvel, área, valor mínimo da oferta, documentação necessária, além de ver fotografias dos terrenos e das construções. São divulgados também a forma de pagamento e os dados dos respectivos editais.

Segundo a Prefeitura, os imóveis são de propriedade do Fundo Especial de Previdência do Município do Rio de Janeiro (Funprevi) e do Município. Eles estão localizados em bairros como Barra da Tijuca, Centro, Cidade Nova, Guaratiba, Copacabana, Cordovil, Irajá e Recreio dos Bandeirantes, entre outros.


LEIA TAMBÉM:

Na Justiça, VLT diz que pode parar e pede receitas da Prefeitura

Preço de imóvel comercial segue em queda no país

Baleias no Rio mostram que proteger é a solução


Na seção “Fale Conosco” do site, é possível tirar dúvidas e enviar mensagens para obter mais informações. A ferramenta se define como um mecanismo de interface entre a Prefeitura e o mercado comprador, para ampliar a visibilidade da carteira imobiliária, atraindo o maior número de interessados.

O site foi desenvolvido pela Empresa Municipal de Informática (IplanRio). As informações também vão estar disponíveis nos portais da Prefeitura, da Secretaria Municipal de Fazenda e do Previ-Rio.

Os editais e anexos das licitações continuarão no ambiente E-compras, conforme legislação. A Prefeitura promete que o site licitaimoveis.rio será constantemente atualizado e que terá mais ofertas, nas próximas semanas.

O secretário municipal de Fazenda, Cesar Augusto Barbiero, diz que o site vai trazer recursos para o Município. “Com a alienação, além de se dar destinação aos imóveis, contribuímos com a geração de empregos, por meio das obras a serem realizadas. Com esses empreendimentos, há ainda geração de ISS para o município, o que permite mais investimentos na cidade. A iniciativa é extremamente positiva”, conclui Barbiero.

 


/