Porto Maravilha terá novo empreendimento residencial | Diário do Porto

Imóveis

Porto Maravilha terá novo empreendimento residencial

Pequenos e médios empresários surfam na onda dos novos empreendimentos do Porto e se mobilizam para lançar seus próprios projetos

17 de setembro de 2021


Esboço de projeto de novo empreendimento residencial da Praça da Harmonia (divulgação)


Compartilhe essa notícia:


Animados com a onda de novos empreendimentos residenciais no Porto, pequenos e médios empreendedores estão se mobilizando para lançar seus próprios projetos. Esse é o caso do administrador Caio de Paula Bastos. Ele pretende derrubar um galpão localizado na rua Leôncio de Albuquerque, nas proximidades da Praça da Harmonia, para ali construir um condomínio residencial.

O terreno, onde antes funcionava uma antiga fábrica de pasteis de Belém, tem 135m² e não comporta um condomínio do porte do Rio Wonder, da Cury, que terá três torres com mais de 300 unidades cada. Mas permitirá que o empreendedor levante um edifício de médias proporções. O projeto, com a assinatura da arquiteta Cláudia Pires, prevê sete apartamentos com metragens entre 47m², com um quarto, e 60m², com dois dormitórios.


LEIA TAMBÉM:

Firjan SENAI oferece cursos para mulheres

Alerj debate Disque-Denúncia e app contra roubo de cabos

Esburacada, Orla Conde pede socorro


Menos carros e mais vida no Porto

Com preço de m² construído estimado em R$ 6 mil, as unidades mais baratas terão preço na faixa de R$ 280 mil. Detalhe importante. Não há vagas de garagem. Apenas bicicletário. Uma lei de incentivo à novas moradias específica para o Porto dispensa esse item no croqui de novos condomínios de pequeno e médio porte.

Bastos já teve reuniões com engenheiros da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto (Cdurp) e agora submeterá o projeto para a avaliação dos técnicos da Secretária Municipal de Desenvolvimento Econômico Simplificação e Inovação, órgão municipal responsável pela emissão dos alvarás e do licenciamentos para novas edificações. Se tudo correr dentro do prazo previsto, a obra inicia ainda esse ano. O prazo de entrega está previsto para dezembro de 2022. O administrador ainda não definiu o nome comercial do empreendimento.