Carnaval

Portela emociona com Clara Nunes. Veja fotos

Com enredo desenvolvido pela premiada carnavalesca Rosa Magalhães, escola azul-e-branca lembrou visita de Tarsila do Amaral a Madureira em 1924

6 de março de 2019
Sorriso de componente da Portela resume o espírito do desfile de 2019 (fotos Aziz Filho)

Compartilhe essa notícia em sua rede social:

Dizer que a Portela fez um desfile emocionante é chover no molhado. Desta vez, a agremiação levou para o Sambódromo centenas de Claras Nunes. E milhares de sorrisos estampados de orgulho por desfilar na mais premiada escola de samba de todos os tempos. Assim, os portelenses voltaram a conquistar o público da Sapucaí, cantando sua eterna musa, Clara Nunes, morta em 1983.

O enredo “Na Madureira moderníssima, hei sempre de ouvir cantar uma Sabiá”, da premiadíssima Rosa Magalhães, foi recheado de referências modernistas para lembrar a visita de Tarsila do Amaral ao bairro de Madureira, em 1924.

Especialistas têm elogiado, principalmente, a harmonia do desfile e o desempenho da bateria, enfeitada pelo samba no pé da belíssima rainha, Bianca Monteiro. Muitos, no entanto, dizem que esperavam mais presença de Clara Nunes no samba e nas fantasias.

Já a qualidade das fantasias e alegorias não chegou a surpreender, especialmente quem conhece o rigor e o esmero da carnavalesca Rosa Magalhães e esperava um desfile histórico da homenagem a Clara Nunes.

Rosa trabalhou com muita diversificação de materiais. Ela se concentrou no desenvolvimento das cabeças e costeiros, com bom acabamento, altura e dinâmica. Usou penas artificiais para enriquecer as roupas e dar um ar de nobreza.

O quesito pode prejudicar as notas da escola em função de problemas de andamento. A águia do abre-alas passou com dificuldade pela torre de imprensa. A manobra resultou em uma correria perto do segundo recuo da bateria, desalinhando as alas.

Para o comentarista do SRzd no quesito, Rômulo Ramos, a evolução da azul e branco pode comprometer sua briga por melhores posições: “O que aconteceu com a Portela poderá punir a harmonia da escola e a evolução. Vinha bem a agremiação, até a quebra ou enguiço de um carro, o que fez com que os diretores perdessem o controle do desfile”.

A simplicidade das fantasias destoou do desfile anterior, da Vila Isabel, marcado pelo luxo e grandiosidade das alegorias. O DIÁRIO DO PORTO fotografou alguns momentos do desfile da Portela. Confira.

 


VEJA TAMBÉM

Tuiuti: prêmio para enredo que critica políticos e armas

Mangueira 2019 conta o outro lado da História

Saiba mais sobre a Portela, no Guia Maravilha


 

Cena do desfile da Portela em 2019

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe essa notícia em sua rede social: