PMEs do RJ respondem por mais de 10% das exportações do Brasil | Diário do Porto


Exportação

PMEs do RJ respondem por mais de 10% das exportações do Brasil

China é a principal compradora dos produtos fluminenses. Mais de 47% das exportações do Estado do Rio têm o gigante asiático como destino final

3 de janeiro de 2022

Estudo do Sebrae mostra que Rio responde por 10% das exportações do País (divulgação/Cia. Docas RJ)

Compartilhe essa notícia:


De acordo com um recente e inédito estudo do Sebrae em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), o Rio de Janeiro foi responsável por 10,82% das exportações brasileiras em 2020. O número teve uma leve queda em relação ao ano anterior, quando esse percentual chegou a 12,49%. Segundo a Organização Mundial do Comércio (OMC), em 2019 o Brasil figurava como o 27º maior exportador mundial, sendo que o Estado do Rio ocupava a terceira posição entre os que mais exportam no cenário brasileiro, ficando atrás apenas de São Paulo e Minas Gerais.

Apesar dos números positivos, o ritmo de crescimento diminuiu um pouco em comparação entre o ano passado e o período entre 2015-2019. Em 2019, as exportações brasileiras alcançaram aproximadamente US$ 221,1 bilhões, caracterizando uma queda de 4,6% frente a 2018. Em 2020, primeiro ano de pandemia do Covid-19, as exportações do País registraram nova contração de 5,4%, com isso, totalizando o valor de US$ 209,2 bilhões.

Atualmente, das 25 mil empresas brasileiras que exportam, 9,5 mil são de pequeno porte. Apesar dessa participação significativa em número total, as micro e pequenas exportadoras são responsáveis por menos de 1% dos valores negociados. Segundo levantamento do Ministério da Economia, em 2020 as micro e pequenas empresas que mais exportaram estão concentradas nos segmentos de máquinas e equipamentos, produtos de metal, químicos, vestuário e têxteis, entre outros.


LEIA TAMBÉM:

Galeão e Confins: o que Rio tem a aprender com Minas

Em 2022, votar e agir por um planeta mais verde

A imponência amazônica no Museu do Amanhã


As exportações do Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro possui excessiva concentração de mercados de destino de suas exportações. A China responde por 47% do valor exportado. Os Estados Unidos vem longe em segundo com 21%. As exportações no Estado são concentradas em petróleo e derivados, com mais de 70% do volume de negócios em 2019 entre óleo bruto e subprodutos diretos.

Na sequência os setores de confecção de artigos do vestuário e acessórios; fabricação de conservas de frutas, legumes e outros vegetais e fabricação de móveis são os que mais representam oportunidades para as MPE fluminenses. Os principais destinos para os produtos exportados pelas PMEs do estado que atuam nesses setores são: Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Espanha Estados Unidos, Panamá, Países Baixos, Paraguai, Peru, República Dominicana, Portugal e Uruguai.

 


/