Pier Mauá e mais empresas prorrogam ajuda a famílias | Diário do Porto

Solidariedade

Pier Mauá e mais empresas prorrogam ajuda a famílias

Ação do Pier Mauá e empresas do Porto beneficia 105 famílias por mês, com cestas básicas que contêm alimentos, itens de higiene pessoal e limpeza

3 de agosto de 2020


Pier Mauá realizou as doações de cestas básicas a moradores do Caju (foto: Divulgação)


Compartilhe essa notícia:


A Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ), o Pier Mauá e as demais empresas arrendatárias dos terminais do Porto do Rio decidiram prorrogar até o final do ano a entrega de cestas básicas para 105 famílias da comunidade do Caju.

A cada mês, uma das empresas fará a entrega, que visa diminuir os impactos negativos provocados pela pandemia do novo coronavírus. Na semana passada, coube ao Pier Mauá iniciar a distribuição, durante a prorrogação.

A empresa, localizada no coração do Porto Maravilha, é responsável pela gestão do Terminal Internacional de Cruzeiros do Rio de Janeiro, Prédio do Touring, Espaço Mauá, além de 5 armazéns construídos no século XIX, utilizados para grandes eventos na cidade.

Pier Mauá: melhor porto de cruzeiros

Pela administração do Terminal Internacional de Cruzeiros do Rio, o Pier Mauá é vencedor 7 vezes do Prêmio World Travel Award, na categoria “Melhor Porto de Cruzeiros da América do Sul”, concedido pela prestigiosa publicação Travel Week.

A ação social das empresas do Porto começou em abril e, à princípio, tinha uma duração prevista de 3 meses (uma cesta mensal para cada uma das famílias). Porém foi prorrogada por mais 6 meses, devido à necessidade do isolamento social por mais tempo.

Famílias recebem alimentos e materiais de higiene

Além do Pier Mauá, as outras empresas que participam da ação liderada pela CDRJ são Triunfo Logística, ICTSI Rio Brasil, Terminal de Trigo do Rio de Janeiro (TTRJ) e Multiterminais. Como são 6 empresas, a cada mês de prorrogação, uma empresa será responsável pela compra das cestas.

As famílias beneficiadas foram mapeadas a partir do cadastro no Centro de Referência e Atendimento Social (CRAS). As cestas básicas incluem produtos alimentícios, materiais de limpeza e artigos de higiene pessoal em quantidades estimadas para 4 pessoas. A próxima entrega está prevista para o dia 26 de agosto.

 


LEIA MAIS:

Após proibição de operações policiais, mortes caem em favelas do Rio

Caixa Econômica está de mudança para o Aqwa Corporate, no Porto

Imóveis têm alta de vendas, no Rio, em junho