Petrobras reforma sua sede e cria espaço para startups | Diário do Porto

Infraestrutura

Petrobras reforma sua sede e cria espaço para startups

Segundo a Petrobras, o prédio, no Centro, será modernizado com medidas de sustentabilidade, como placas solares e reaproveitamento de água da chuva

20 de janeiro de 2021
Sede da Petrobras, localizada na Avenida Chile, no Centro do Rio (Foto: André Motta de Souza / Agência Petrobras)

Compartilhe essa notícia:


A Petrobras começou a revitalização de seu edifício-sede, localizado na Avenida Chile, o que é um investimento que mostra confiança na recuperação do Centro da cidade. Com as reformas, o local terá capacidade para até 7.000 trabalhadores, público que gera alto impacto no comércio e serviços da região. Atualmente, a maior parte dos funcionários trabalha em casa, mas já há planos para o retorno, quando houver o controle da pandemia.

Entre as melhorias previstas, estão a criação de espaços colaborativos, de criação, experimentação e tecnologia. Haverá também área para startups, permitindo uma maior integração dessas novas empresas com a Petrobras.

O prédio foi construído entre 1969 e 1974 e nunca passou por uma reforma completa. Foi a primeira grande obra da construtora Odebrecht no Rio. Segundo a companhia, a reforma visa implementar medidas de sustentabilidade, de design inclusivo, além do modelo de smart-office, no qual a ocupação e a gestão dos escritórios é feita por meio de soluções tecnológicas, como agendamento de salas de reunião e estações de trabalho por aplicativo.

A Pretrobras diz que o Edise, sigla para edifício-sede, seguirá, com a reforma, a estratégia de redução de custo, aumento da produtividade, de transformação digital e de cultura organizacional da empresa.

Construção do Edise em 1974
Prédio foi inaugurado em 1974 e não passou por reformas (Foto: Reprodução/ Internet)

Edifício da Petrobras com jardins de Burle Marx

O edifício-sede foi construído pela Petrobrás na chamada Esplanada de Santo Antônio, área criada após o desmonte parcial do Morro de Santo Antônio. Após sua inauguração, logo em sua frente foi construído o prédio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), também pela Odebrecht.

O Edise tem traços modernistas, com a estrutura formada por cubos separados geometricamente e jardins suspensos, assinados pelo paisagista Roberto Burle Marx, que também foi o criador do Parque do Flamengo e do calçadão de Copacabana, entre outras obras famosas no mundo todo.

Do ponto de vista ambiental, será instalado um sistema de reaproveitamento de água da chuva para os jardins e torres de resfriamento, e a instalação de painéis energia solar no topo do prédio.


LEIA TAMBÉM

Após perder a Marcopolo, Governo do Rio se reúne com montadoras

Secretário vai morar uma semana no Centro e quer revitalização

A mensagem do bilionário Sheldon Adelson aos políticos do Rio