Geral

Passeio mostrará rochas e fósseis de mais de 1 milhão de anos

Excursão no Centro Histórico do Rio, dia 20 de agosto, faz parte da programação do 49º Congresso Brasileiro de Geologia, no Centro de Convenções Sulamérica. Museu do Amanhã também receberá sessão especial sobre Antropoceno

28 de julho de 2018
Pedra do Sal, reduto de sambistas, é umas das formações rochosas encontradas no passeio (Foto: Divulgação)

Compartilhe essa notícia em sua rede social:

Rochas com idades entre 1 milhão e 2 bilhões de anos poderão ser apreciadas em uma caminhada no dia 20 de agosto em parte do Centro Histórico da cidade do Rio de Janeiro, desde o Museu do Amanhã até o Passeio Público. A excursão faz parte do 49º Congresso Brasileiro de Geologia, que acontece no Centro de Convenções Sulamérica de 20 a 24 de agosto, com atividades paralelas externas em várias partes da cidade, incluindo uma sessão especial no Museu do Amanhã. As inscrições são abertas também para o público externo do Congresso, por R$ 100.

Haverá visita aos prédios históricos que possuem rochas na fachada ou revestimento interno. Entre os materiais de interesse geológico estão rochas, fósseis (diversificados e muito bonitos) e minerais presentes em rochas de várias partes do mundo (Itália, Portugal, Espanha, Chile, Canadá…) e do Brasil (Rio de Janeiro (capital e outras cidades), Minas Gerais, São Paulo, Paraná e Bahia). Serão ainda percorridos prédios históricos, alguns deles tombados como patrimônio, e prédios comerciais, desde a Candelária até o Passeio Público.

“Os participantes do passeio poderão identificar as rochas utilizadas no revestimento de fachadas e interiores de prédios e na construção de monumentos pétreos. A partir de um roteiro didático e turístico, serão observadas rochas ígneas, sedimentares (com ou sem fósseis) e metamórficas, que representam ampla faixa do tempo geológico, desde o Arqueano até o Pleistoceno”, explica a geóloga Kátia Leite Mansur, coordenadora da excursão. “A história do Rio e da geologia mundial será abordada no roteiro”,  completa.

Veja mais informações e outras excursões aqui.

Mais sobre o Congresso

Com o tema central ‘Conhecer o passado para entender o futuro’, o 49º Congresso Brasileiro de Geologia espera reunir cerca de 4 mil profissionais (indústria, comércio e serviços), pesquisadores, professores, estudantes (graduação e pós-graduação) das diversas áreas de conhecimento das Ciências da Terra. Também deverá atrair interessados nos temas que envolvem as Geociências, seja na área aplicada ou teórica/acadêmica, além da comunidade em geral.

Durante os cinco dias de congresso, deverão ser apresentados 2.175 trabalhos técnicos e científicos. Além de sessões tradicionais sobre temas relacionados com a formação básica dos profissionais da área de Geologia, aspectos sobre a atividade do geólogo e o mercado de trabalho, haverá mesas redondas sobre grandes temas como ‘Segurança do Trabalho’, ‘Defesa das Instituições Públicas de Geologia e da Ciência Brasileira’, ‘Petróleo e Gás’ e ‘Geologia, Mineração e os Recentes Desastres Ambientais’.

Além do 9º Simpósio do Cretáceo do Brasil e do 7º Simpósio de Vulcanismo e Ambientes Associados haverá outras atividades paralelas, como minicursos, excursões e concurso de fotografia. As inscrições para o Congresso estão abertas até 10 de agosto pelo site https://www.49cbg.com.br/inscricoes.php. Associados em dia da Sociedade Brasileira de Geologia (SBG) pagam menos: R$ 1.085 ou R$ 405, se for estudante de graduação.

SERVIÇO:
Excursão Geoturismo Urbano: Um encontro com rochas e fósseis no Centro Histórico do Rio de Janeiro
Dia: 20 de agosto de 2018

Horário: Das 8h às 12h
Local de saída: Museu do Amanhã
Valor: R$ 40 para inscritos no 49º CBG e R$ 100 para não inscritos

Compartilhe essa notícia em sua rede social: