Palácio Tiradentes recebe exposição de Dante Alighieri | Diário do Porto


Exposição

Palácio Tiradentes recebe exposição de Dante Alighieri

Com entrada gratuita, exposição em homenagem aos 700 anos da morte do poeta italiano fica em cartaz até 15 de janeiro de 2021

15 de outubro de 2021

Cláudio Castro, o cônsul del Giudice e o presidente da Alerj, André Ceciliano, na abertura da mostra em homenagem ao poeta Dante Alighieri (Julia Passos/Alerj)

Compartilhe essa notícia:


O Palácio Tiradentes está reabrindo suas portas para as artes e a cultura com a “Exposição Dante Vale”. Promovida pelo Consulado-Geral da Itália no Brasil, a mostra é uma homenagem aos 700 anos da morte do poeta italiano Dante Alighieri, eternizado em “A Divina Comédia”. A exposição foi inaugurada pelo presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), deputado André Ceciliano (PT), e o cônsul-geral da Itália, Paolo Miraglia del Giudice, e contou com a presença do governador Cláudio Castro, entre outras autoridades.

“Estamos abrindo as portas para essa belíssima exposição no palácio que tem a nossa memória da democracia em quase 200 anos”, disse o presidente da Alerj. Em sua fala, Castro também destacou a importância do Palácio Tiradentes para a arte e a cultura do Estado do Rio e parceria institucional com empresas italianas, que já fazem parte da economia carioca e fluminense.

O cônsul-geral da Itália fez uma apresentação sobre a mostra e o significado de Dante para a cultura italiana. “O evento representa mais uma ação para o fortalecimento do intercâmbio cultural entre a Itália e o Estado do Rio”, comentou Paolo del Giudice. A Divina Comédia”, épica obra de Dante, é retratada por meio de 17 esboços originais de carros alegóricos que desfilaram em diferentes edições do carnaval de Viareggio, cidade italiana na região da Toscana, onde a festa popular tem 148 anos de tradição.

De forma satírica, as obras carnavalescas de Viareggio imprimem releitura moderna, com apelo político e social, do inferno, do purgatório e do paraíso dantescos, narrados no célebre livro que, há sete séculos, inspira gerações de artistas no mundo inteiro.

A inauguração da mostra Dante Vale contou ainda com a participação de importantes representantes da cultura fluminense como Suely Totarelli, diretora do CCBB; Ednor Medeiros, diretor do Centro Cultural Correios; Thiago Petra, diretor do Centro Cultural do Ministério da Saúde, e José Roberto Gifford, presidente da Funarj.


LEIA TAMBÉM:

Confiança dos empresários do Rio volta a crescer

Exportações do Rio têm alta de 33% de janeiro e agosto

Armazém da Utopia será declarado Patrimônio Estadual


Palácio será centro cultural

De acordo com o subdiretor do Departamento de Cultura da Alerj, Nelson Freitas, o Palácio Tiradentes vai se tornar um Centro Cultural com função museológica, assim como seus vizinhos – o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) e o Centro Cultural dos Correios, completando o corredor cultural existente no Centro do Rio. “Estamos desenhando o novo projeto do Palácio Tiradentes, que tem duas vertentes de ação: a política cultural e as obras de reforma e modernização. São dois pilares que impulsionarão o novo palácio ”, disse Freitas.

 

Consul da Itália no Rio apresenta obras da exposição para o presidente da Alerj (Julia Passos/Alerj)

Serviço

“Exposição Dante Vale”

Salão Nobre do Palácio Tiradentes – Rua Primeiro de março, s/n – Praça XV –Centro – Rio de Janeiro.

De 19/10/2021 a 15/01/2022.

Das 10h às 19h (de segunda a sexta-feira) e das 10h às 17h (aos sábados).

Entrada gratuita

Mais informações: www.dantevale.com.br