Música

Confira 7 ótimas rodas de samba no centro da cidade

Cultura e tradição. Confira 7 lugares para mergulhar no samba e conhecer a história dos povos que fundaram a cidade do Rio de Janeiro

1 de fevereiro de 2019
Todo dia é carnaval no Rio Scenarium (Foto: Divulgação)

Compartilhe essa notícia em sua rede social:

Houve um tempo em que o poeta achou necessário cantar “Não deixe o samba morrer, não deixe o samba acabar.” Quem conhece de verdade o centro do Rio sabe que o apelo foi ouvido. Especialmente nos mil cantos em que a tradição cultural carioca pulsa em torno de rodas de samba. Ninguém pode dizer que conhece o coração da cidade sem encontrar as raízes cariocas no berço da boemia. O DIÁRIO DO PORTO selecionou 7 lugares onde essas raízes estão expostas em um show permanente de cultura e tradição. Confira nosso mapa de samba:

Rua do Ouvidor

Samba do Ouvidor de graça
O samba da Rua do Ouvidor tem 11 anos de tradição (Fotos de Divulgação)

No centro da cidade, perto da Praça XV, há um lugar mágico onde um grupo de músicos se reúne para formar a tradicional Roda de Samba da Ouvidor. O público de centenas de pessoas pode curtir um sábado 0800, na rua mesmo, a partir das 17h. Tem opção mais democrática?


Pedra do Sal

Samba na pequena áfrica
Roda de Samba resgata origens dos quilombolas na Pedra do Sal (Alexandre Macieira/Riotur)

Samba de hoje e história do Brasil no mesmo lugar? É lá mesmo. No bairro da Saúde, colado no Porto do Rio, existe a Comunidade Remanescentes de Quilombos da Pedra do Sal, considerada o berço do samba carioca. Tombada como Patrimônio Cultural, a região faz parte da “Pequena África” do Rio. O lugar servia como ponto de venda e troca de africanos escravizados e abrigou quilombos e terreiros de candomblé.

Para resgatar a tradição dos quilombolas, um grupo de músicos criou a Roda de Samba Pedra do Sal, que junta sambistas profissionais e amadores para tocar toda segunda-feira. Depois, veio a Samba de Lei, que acontece sempre às sextas-feiras. Ambas começam num clima meio happy hour, a partir das 19h (leia mais).


Trapiche Gamboa

Samba no Trapiche Gamboa
Wilson Moreira no Trapiche Gamboa

Na Gamboa, entre a Pedra do Sal, a Ladeira do Valongo e o Largo da Prainha, o Trapiche Gamboa promove rodas de samba com muito charme em um sobrado do século XIX. Bem antes da zona portuária ser revitalizada, a casa já fazia sucesso como reduto de samba e choro. Às quintas, sextas e aos sábados recebe artistas diferentes. Rua Sacadura Cabral 155 (leia mais)


Carioca da gema

Show no Carioca da Gema
Andrea Dutra cantando no palco onde Beth Carvalho e Dona Ivone Lara já se apresentaram

O nome é autoexplicativo. Com programação disputada por novos nomes relevantes do samba e do chorinho, frequentemente a casa recebe Teresa Cristina em seu palco. Beth Carvalho e a saudosa Dona Ivone Lara contribuíram muito para a fama do local, como figurinhas carimbadas no álbum do bar. Pioneiro em ocupar casarão na Lapa, o Carioca da Gema é um dos bares mais tradicionais do Rio de Janeiro. Avenida Mem de Sá 79, Lapa.


 

Armazém do Senado

Marias do Zé
Marias do Zé se apresentam todo primeiro sábado do mês no Armazém do Senado

Inaugurado em 1907, o Armazém do Senado é um boteco de raiz. O estabelecimento que adquiriu o status de Patrimônio Cultural da cidade tem uma tradicional roda de samba todo primeiro sábado do mês, quando acontece a Feira do Lavradio.


Rio Scenarium

Samba no Rio Scenarium
Todo dia é carnaval no Rio Scenarium

Com uma pegada mais turística, o Rio Scenarium é o lugar preferido dos gringos na cidade. Para fazer bonito lá fora, a casa tem programação de música ao vivo todas as semanas. Para saber quando rola uma boa roda de samba, é importante ficar ligado(a) no site


Beco do Rato

Samba no Beco do Rato
Não é raro encontrar algum sambista famoso entra a multidão que frequenta o botequim

Concorrido reduto da boemia, o bar é um dos destinos preferidos dos sambistas na Lapa. Tem programação musical de terça-feira a domingo, sempre com chope muito gelado. Todos os dias tem samba, exceto às terças, a cada 15 dias. Na Rua Joaquim Silva 11, próximo à Avenida Augusto Severo, na divisa entre a Lapa e a Glória.

Compartilhe essa notícia em sua rede social: