Turismo

O Museu Nacional Vive! E promove festival para retribuir solidariedade

Apesar do incêndio que destruiu parte de seu acervo, o Museu Nacional está vivo. Prova disso é que neste fim de semana recebe várias atividades gratuitas

21 de setembro de 2018
Evento vai ocupar a parte externa do Museu Nacional, que pegou foto no último dia 2 (Foto: Tânia Rego/Agência Brasil)

Compartilhe essa notícia em sua rede social:
Evento vai ocupar a parte externa do Museu Nacional, que pegou foto no último dia 2 (Foto: Tânia Rego/Agência Brasil)

No dia 2 de setembro, o mundo acompanhou o incêndio que destruiu parte do Palácio da Quinta da Boa Vista, prédio que abrigava, desde 1892, o Museu Nacional e que anteriormente foi residência das Famílias Real e Imperial, na Quinta da Boa Vista, no bairro imperial de São Cristóvão, Zona Norte do Rio.

Desde então, a instituição tem recebido inúmeras demonstrações de afeto, desde cartas de crianças expressando tristeza e apoio de ofertas de doações de acervos, de voluntariado, entre outras manifestações. Para retribuir toda essa solidariedade, o Museu Nacional prepara neste final de semana um evento especial para mostrar que os pilares da instituição – ensino, pesquisa e extensão – continuam em funcionamento.

Nos dias 22 e 23 de setembro, das 10h às 17h, durante o Festival Museu Nacional Vive, o público poderá acompanhar de perto o que está sendo feito nos diferentes departamentos, desde informações sobre os acervos, os trabalhos dos pesquisadores, as expectativas e o que será realizado nos próximos anos. O objetivo é estimular as ações educativas, culturais e artísticas para o público que frequenta a Quinta da Boa Vista.

O festival faz parte do calendário da instituição que visa ocupar a Quinta da Boa Vista uma vez por mês e encerra a semana da 12ª Primavera de Museus, com o tema “Celebrando a Educação em Museus”, promovido pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), no qual o Museu Nacional sempre participou com programação especial. A temporada cultural acontece todo ano no início da estação homônima.

Feira Medieval Carioca

São diversas atividades promovidas pelos pesquisadores, técnicos e alunos. E, desta vez, o Museu Nacional também conta com o apoio da Feira Medieval Carioca, que oferecerá atrações especiais. No domingo, às 13h30, será realizado os torneios de arco e flecha. Já às 15h, o público poderá participar de um workshop e da apresentação de lutas de espada, junto com o grupo de Esgrima Medieval da Casa Vieira Turaine.

O Festival Museu Nacional Vive é um evento aberto ao público e que conta com o apoio: da Pró-Reitoria de Extensão da/PR5 da UFRJ, da Prefeitura Universitária, do Grupo de Educação Multímídia/GEM, do Laboratório de Imagem e Criação em Dança/LICRID, do Departamento de Arte Corporal/EEFD, do Núcleo Interdisciplinar para o Desenvolvimento Social/NIDES, da Escola de Comunicação/ECO, da SINTUFRJ, da AdUFRJ.

A programação conta também com os apoios externos: do Ciência Sob Tendas/UFF, do Museu da Vida/Fiocruz, da Feira Medieval Carioca, da CEDAE, da AFINCA, da Escola de Museologia e GeoTales da UNIRIO, do Trenzinho da Quinta da Boa Vista, da Pinheiro tintas e da Text Master.

Bicentenário comemorado em junho

O primeiro museu criado no Brasil, no ano de 1818, comemorou em junho deste ano seu bicentenário, sendo guardião de mais de 20 milhões de itens dos campos das Ciências Naturais e da Antropologia, considerado o mais importante acervo dessas áreas na América Latina.

O Museu Nacional fica localizado numa região de fácil acesso – próximo à estação de trem/metrô e linhas de ônibus – e pela importância do seu acervo, sempre foi um dos museus mais visitados do Brasil. Sem dúvida, é um local que está na memória dos moradores da cidade, onde a maioria das pessoas teve seu primeiro contato com uma instituição museal, com a ciência e com a história nesta cidade.

PROGRAMAÇÃO:

SÁBADO e Domingo – Dias 22 e 23/09

Todas as atividades vão acontecer de 10h às 17h, exceto as indicadas na programação

Departamento: Paleobotânica / Geologia e Paleontologia

Atividade: Paleobotânica

Departamento: Geologia e Paleontologia

Atividade: Mostra de Paleoarte

Horário: 10h às 12h; 14h às 17h

Atividade: Conhecendo os fósseis; oficina monte o dinossauro; oficina de moldes; oficina de Paleopalinologia

Horário: 10h às 17h

Departamento: Botânica

Atividade: Anatomia + biologia reprodutiva

Horário: 10h às 17h

Atividade: Herbário? O que é isso? – Oficina de Exsicata

Horário: 10h às 17h; Oficinas: 10h30; 12h; 14h; 16h

Departamento: Departamento de Invertebrados (*somente no sábado)

Atividade: Conhecendo os Equinodermas

Departamento: Herpetologia / Departamento de Vertebrados

Atividade: Conhecendo a Herpetologia

Departamento: Ictiologia / Departamento de Vertebrados

Atividade: Estudo da diversidade dos peixes

Departamento: Mastologia / Departamento de Vertebrados (*somente no sábado)

Atividade: Mostra de pele e crânio de espécimes

Departamento: Entomologia

Atividade: A diversidade dos insetos

Departamento: Seção de Museologia

Atividade: Pintura em camisa

Horário: 13h às 17h

Atividade: Espaço para leitura e pintura – infantil

Atividade: Memórias do Museu Nacional – exibição de filmes sobre o museu, varal de fotos

Horário: 10h às 17h

Departamento: Laboratório de Processamento de Imagem Digital

Atividade: Suas memórias no Museu Nacional

Horário: 10h às 12h; 14h às 17h

Departamento: Direção

Atividade: Passeando pela história: uma viagem de trenzinho em torno do Paço de São Cristóvão – com a historiadora Regina Dantas

Horários: 11h e 15h

Departamento: Aracnologia

Atividade: Aracnídeos: Letais ou incompreendidos?

Departamento: Seção de Assistência ao Ensino

Atividade: Apresentação da coleção didática da SAE

Departamento: Invertebrados – Porífera

Atividade: Explicação das pesquisas sobre biodiversidade e ecologia das espumas marinhas

Departamento: Antropologia Biológica

Atividade: Apresentação de réplica do crânio da Luzia

Departamento: Projeto Ilhas do Rio (*somente no domingo)

Atividade: Projeto Ilhas do Rio

Horário: 10h às 16h

Departamento: Grupo de Educação Multimídia (*somente no domingo)

Atividade: Filme Nuto Travessias: palavra – imagem

Horário: 10h às 17h

Domingo:

Palestra interativa sobre a relação ciência, museus e escolas – 10h/ 14h/ 16h

Roda de conversa Museu Nacional e presença indígena: nossas memórias vivem (com o cacique Babau e alunos indígenas do programa de Pós-graduação em Antropologia Social/PPGAS) – 11h

Jogos e contação de histórias de geociências (com o grupo Geotales) – 11h

Nativos PORQUE QUE TE QUERO (projeto ligado ao departamento de arte cultural da EEFD) – 11h30

Fazendo arte na Quinta (com o Projeto Favelarte) – 13h

Torneios de arco e flecha (Feira Medieval) – 13h30

Entrelaçamentos: corpo, emoção e história (performance de dança com o Departamento de Arte Corporal da EEFD) – 14h

Workshop e apresentação de lutas de espada, junto com o grupo de Esgrima Medieval da Casa Vieira Turaine (Feira Medieval) – 15h

Oficina de música e poesia ( com Ciça Ojuara; Mauro Portugal e Lê) – 15h30

 

SERVIÇO

Museu Nacional/UFRJ

Quinta da Boa Vista – Bairro Imperial de São Cristóvão – Rio de Janeiro

Website: www.museunacional.ufrj.br

Facebook: www.facebook.com/MuseuNacionalUFRJ

Instagram: @MuseuNacional1818

Twitter: @museunacional

Compartilhe essa notícia em sua rede social: