Novo Plano Diretor começa a ser analisado na Câmara | Diário do Porto


Política

Novo Plano Diretor começa a ser analisado na Câmara

Prefeito Eduardo Paes apresenta, na manhã desta terça-feira as principais propostas que estarão no projeto de atualização do Plano Diretor da cidade

2 de agosto de 2021

Centro e Porto são uma das cinco áreas de planejamento do novo Plano Diretor (Aziz Filho)

Compartilhe essa notícia:


O prefeito do Rio Eduardo Paes apresenta, na manhã desta terça-feira (03), as principais propostas que estarão no projeto de atualização do Plano Diretor da Cidade, que será enviado pelo Executivo para a Câmara Municipal do Rio. O evento, que acontece no Palácio da Cidade, em Botafogo, contará com a presença de vereadores, entre eles o presidente do Legislativo municipal, vereador Carlo Caiado (DEM).

A atualização decenal do Plano, que precisa ser analisada e votada pelos vereadores, já vem sendo discutida na Câmara desde o início de 2021. O vereador Carlo Caiado classifica o projeto como um dos mais importantes do Legislativo, e destaca o papel da Comissão de Representação que vem debatendo a questão desde o mês de março, com audiências e reuniões que ouviram as demandas da cidade.

“Isso foi importante porque já está sendo bem discutido, foram feitos vários debates direcionados por bairros e temas. Esse é o projeto de Plano Diretor mais importante de todos, porque a gente aprova o rumo da cidade por 10 anos, em todos os aspectos. No transporte, que é fundamental, saber para onde a cidade vai crescer, onde você tem que alterar a legislação para que um local tenha mais residências ou mais comércios por exemplo”, explica Caiado.

Na comissão, presidida pelo vereador Rafael Aloísio Freitas (Cidadania), foram promovidos debates regionalizados por cada uma das cinco Áreas de Planejamento (APs) do município, sendo convidados a participar, além de integrantes do Poder Executivo, representantes da sociedade civil que atuam em cada uma destas localidades. O objetivo foi destacar as potencialidades e os desafios de cada região da cidade, trazendo a população para discutir como essas especificidades de cada local podem ser contempladas pelo Plano Diretor.

Os debates apontaram, por exemplo, a necessidade da ampliação de áreas de lazer na região da AP3, da Zona Norte do Rio, e a intenção da Prefeitura de incentivar a ocupação da área com moradias, aproveitando a infraestrutura e proximidade com o Centro. Já na AP5, que compreende bairros da Zona Oeste como Bangu, Campo Grande e Santa Cruz, a necessidade de melhoria da oferta de transporte e combate a construções irregulares foram algumas das propostas levantadas.

Mesmo com as discussões já realizadas, o vereador Rafael Aloísio Freitas destaca que a Câmara ainda vai debater intensamente a proposta entre seus integrantes, representantes da sociedade civil e da Prefeitura. “O prefeito vai enviar o projeto, e aí vai ter uma nova discussão. A ideia é que a gente já tenha ao final desse ano todas as diretrizes de políticas públicas para a cidade do Rio pelos próximos dez anos”, pontua.

Confira as reportagens da Rio Tv Câmara sobre a discussão do Plano Diretor no primeiro semestre de 2021:
https://bit.ly/3CbL09q


LEIA TAMBÉM:

Sesc RJ na Estrada mostra a Fazenda Santana do Turvo, em Barra Mansa

Porto em Maricá terá investimento de R$ 12,8 bilhões

Uso de hidrogênio verde é tema de evento na Firjan


A Comissão do Plano Diretor

Instalada em janeiro pela Câmara Municipal do Rio, a Comissão de Representação do Plano Diretor se adiantou e começou a discussão sobre sua atualização ao longo do primeiro semestre do ano. Os vereadores receberam representantes da Prefeitura, da sociedade civil e especialistas, e realizaram debates regionalizados sobre as demandas de cada uma das cinco Áreas de Planejamento (APs) da cidade. Veja abaixo os temas já debatidos pelos vereadores:

 


/