Novas empresas têm recorde no Estado do Rio | Diário do Porto

Economia

Novas empresas têm recorde no Estado do Rio

Crescimento de 40,5% em novas empresas é reflexo do desemprego e também da maior agilidade do Governo do Estado, diz o secretário Leonardo Soares

6 de abril de 2021
Quase 15 mil novas empresas foram criadas no Rio neste primeiro trimestre (foto: Governo do Estado / Divulgação)


Compartilhe essa notícia:


No primeiro trimestre de 2021, 14.938 novas empresas foram abertas no Estado do Rio, um aumento de 40,5% em relação aos três primeiros meses de 2020 (10.636 novos negócios). Os dados são da Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro (Jucerja), órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais.

Os meses de fevereiro e março de 2021 ainda bateram o recorde de aberturas nos últimos 20 anos. Só em março foram contabilizadas 5.862 novas empresas. O número é 82,5% maior do que o registrado no mesmo mês em 2020 (3.212).

Já em fevereiro, a Junta Comercial somou 4.720 novos negócios, um aumento de 32% em relação a fevereiro de 2020 (3.565).

Empresas são reflexo do aumento do desemprego

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Leonardo Soares, acredita que o aumento de novas empresas pode ser o reflexo do desemprego, situação agravada pela pandemia de Covid-19. Ele afirma que o empreendedorismo tem sido uma saída buscada por muitas pessoas.

Mas, para ele, esses dados também são resultados de medidas do Governo estadual que estimulam o ambiente de negócios, como a redução da burocracia e a maior facilidade para a abertura de empresas. Isso aumenta “o potencial do Estado para fazer negócios e assim gerar empregos e renda para a população”, afirma o secretário.

Durante todo o período de pandemia, a Jucerja não parou, realizando todos os processos de forma digital. Segundo o presidente do órgão, Affonso D’Anzicourt, hoje a média de tempo para abertura de uma empresa no Rio é de até 43 minutos, superando a meta de máximo de 2 horas estabelecida pelo Governo do Estado.

Empresas janeiro a março de 2021

Os 10 setores com maior abertura de empresas no Estado do Rio

– Serviços Combinados de Escritório e Apoio Administrativo: 540

– Comércio Varejista de Artigos do Vestuário e Acessórios: 469

– Atividade Médica Ambulatorial Restrita a Consultas: 394

– Restaurantes e Similares: 394

– Atividades de Consultoria em Gestão Empresarial: 368

– Lanchonetes, Casas de Chá, de Sucos e Similares: 366

– Comércio Varejista de Mercadorias em Geral, com Predominância de Produtos Alimentícios, como Minimercados, Mercearias e Armazéns: 291

– Serviços de Engenharia: 264

– Construção de Edifícios: 263

– Treinamento em Desenvolvimento Profissional e Gerencial: 239


LEIA TAMBÉM:

Rio quer reduzir para 7% o ICMS do querosene de aviação

Gama Filho será de novo escola, com apoio da Fecomércio e Sebrae

Novo Mundo recebe a maior certificação de sustentabilidade