Investimentos

Niterói investe R$ 69 milhões no novo Mercado Municipal

Mercado Municipal de Niterói tem previsão de reabertura para novembro. Obra é realizada por uma PPP (Parceria Público-Privada). Veja fotos do projeto

19 de agosto de 2020
Niterói fará acesso especial na Ponte, para quem vier do Rio conhecer o novo Mercado Municipal (Foto: Divulgação/Prefeitura de Niterói)

Compartilhe essa notícia:


O Novo Mercado Municipal de Niterói está ganhando cada vez mais forma. Segundo a Prefeitura de Niterói, a previsão é de que a reabertura oficial ocorra no dia 22 de novembro, aniversário da cidade. O lançamento virtual, no entanto, já foi feito no Facebook e há um vídeo disponível para quem quiser ver como ficará a obra. Veja aqui. Empresários e produtores terão informações para operar uma das 180 lojas.

Desativado como Mercado Municipal há 44 anos, desde 1976, o local está sendo totalmente revitalizado por meio de uma Parceria Público Privada (PPP) entre a Prefeitura de Niterói e o Consórcio Novo Mercado Municipal, em uma gestão de 25 anos. O investimento do consórcio será de R$ 69 milhões em três anos, sendo R$ 30 milhões na reforma do atual prédio.

Local não funciona como Mercado Municipal desde 1976 (Foto: Divulgação/Prefeitura de Niterói)

Niterói acelera as obras

Segundo a Prefeitura de Niterói, as obras seguem em ritmo acelerado. Toda a parte de recuperação do telhado e reforço das estruturas já está concluída incluindo a impermeabilização do telhado e restauração dos traços de art déco.

De acordo com o cronograma, a reforma do prédio principal será concluída em setembro, a requalificação do entorno está prevista para outubro e a abertura do mercado, em novembro. Apesar da reforma, as características da arquitetura neoclássica do local serão mantidas. Tudo ocorre também próximo do calendário das eleições municipais, que neste ano ocorrerão nos dias 15 e 29 de novembro.

Reforma do prédio principal deverá ser concluída em setembro (Foto: Divulgação/Prefeitura de Niterói)

O térreo do Mercado Municipal será um espaço para comercialização de frutas, verduras, legumes, produtos tradicionais da região, açougue, empórios especiais, produtos gourmet, queijos, laticínios e especiarias. No mezanino ficarão restaurantes, cervejarias artesanais e uma adega. Em uma segunda fase, serão construídas uma nova praça, boulevard e estacionamento com 300 vagas.

Segundo o secretário municipal de Urbanismo, Renato Barandier, haverá um novo acesso pela Ponte Rio-Niterói para facilitar a chegada de quem vem do Rio.

“O entorno do mercado vai ser requalificado, ganhará novas calçadas, paisagismo e iluminação. Vamos facilitar acessibilidade à região, que está colada aos acessos da Ponte, mas com uma circulação interna bastante complicada hoje. Vamos fazer todo um plano de circulação, que vai facilitar para quem vem do Rio pela Ponte a acessar de uma forma mais direta aquela região”, explica Barandier.

Confira mais fotos do projeto:

Previsão é de que Mercado Municipal reabra no dia 22 de novembro (Foto: Divulgação/Prefeitura de Niterói)
Térreo será espaço para comercialização de alimentos, como frutas, produtos típicos, açougue, empórios, etc. (Foto: Divulgação/Prefeitura de Niterói)
No mezanino ficarão restaurante, cervejarias artesanais e uma adega (Foto: Divulgação/Prefeitura de Niterói)