Nissan apoia inovação de estudantes do Sul Fluminense | Diário do Porto


Inovação Social

Nissan apoia inovação de estudantes do Sul Fluminense

Instituto Nissan promove terceira edição do Inova-san, programa para estudantes do Sul Fluminense, em busca de soluções para problemas da região

22 de setembro de 2021

A presidente do Instituto Nissan, Mila Poli, e o presidente da Nissan, Airton Coussesau, no lançamento do Inova-san (foto: reprodução da Internet)

Compartilhe essa notícia:


Estudantes universitários e do ensino técnico de 12 cidades do Sul Fluminense podem se inscrever até 17 de outubro para a terceira edição do Inova-san, programa do Instituto Nissan que tem o objetivo de apoiar o desenvolvimento de soluções para problemas reais da região.

A Nissan, que tem seu complexo industrial em Resende, abre o programa para participação de estudantes também das cidades de Angra dos Reis, Barra do Piraí, Barra Mansa, Itatiaia, Pinheiral, Piraí, Porto Real, Quatis, Rio Claro, Valença e Volta Redonda.

Os participantes poderão inscrever seus projetos em três categorias: Meio Ambiente, Mobilidade Inteligente e, neste ano como novidade, também na de Mulheres e Inovação. Essa última categoria, segundo a Nissan, foi criada para enfatizar seu compromisso com a diversidade e inclusão.

Os candidatos devem formar equipes de dois a cinco integrantes. Os vencedores finais em cada categoria vão receber bolsas em programas de incubação de negócios, cursos de Extensão, mentorias com startups e mentoria técnica.

Nissan tem programa com três etapas

Mas mesmo quem não ganhar a premiação final terá benefícios com o Inova-san, pois após a inscrição poderá participar de duas etapas do programa: Sparking Festival e Feeding.

Entre setembro e outubro, no Sparking Festival, os inscritos no Inova-san terão ajuda para definição e desenvolvimento dos projetos. Participarão de palestras com especialistas abordando as temáticas do programa e com professores da região para falar sobre problemas locais, além de sessões sobre criatividade e geração de ideias, com mentorias coletivas.

No Feeding, os participantes realizam a modelagem de negócios, e contam com mentoria personalizada para os projetos escolhidos, totalizando, junto com a fase anterior – Sparking –, mais de 7.700 horas de conteúdo gratuito e virtual.

Já os três vencedores participarão da última etapa, a Growth, na qual as equipes recebem o suporte final para concretizar seus projetos. Mais informações no site: www.inovasan.com.br


LEIA TAMBÉM:

Paquetá, um paraíso maltratado pela CCR Barcas

Cassinos voltam à discussão na Câmara

Novos empreendimentos do Porto focam nas bikes