Muhcab: exposição reúne peças de religiões africanas | Diário do Porto


História

Muhcab: exposição reúne peças de religiões africanas

No Muhcab, cerca de 30 peças, entre roupas e instrumentos musicais, contam do comércio ilegal de escravos, do seus hábitos, ritos e espaços religiosos

14 de novembro de 2019

Cais do Valongo

Compartilhe essa notícia:


A Região Portuária do Rio de Janeiro concentra muitas marcas deixadas pela história da escravidão no Brasil. A exposição Kandombelés reúne peças da cultura e ancestralidade das religiões de matrizes africanas no Museu da História e da Cultura Afro-brasileira (Muhcab), na Gamboa.

A mostra fica em cartaz até dezembro e pode ser conferida de segunda à sexta-feira, de 10h às 17h. A Entrada é franca.

Cerca de 30 peças, entre roupas e instrumentos musicais, contam do comércio ilegal de escravos, dos seus hábitos, ritos e espaços religiosos. A mostra movimenta uma sacralização enegrecida dos espaços, transmitindo um movimento estético, artístico e cultural negro, onde o passado e presente se integram.


LEIA TAMBÉM:

Cais do Valongo: Brasil pode perder título de Patrimônio Mundial

Prefeitura não paga, e MAR dá aviso prévio a funcionários

Rio alcança o 2º lugar em exportações


A exposição cumpre um importante papel para a cultura afro-brasileira. “Mostrar nossas tradições e heranças que tanto foram apagadas no processo histórico é uma forma de resgatar e preservar a memória do povo negro”, disse Washington Santos, diretor do Instituto.

 

Artefatos arqueológicos da Zona Portuária
Vaso de cerâmica encontrado nas escavações na zona portuária (Foto:Tomaz Silva/Agência Brasil)

SERVIÇO

Exposição Kandombelés

Local: Instituto da História e da Cultura Afro-brasileira

Endereço: Rua Pedro Ernesto, 80. Gamboa

Data: 12/11 à 20 de dezembro.

Contato: comunicacao.muhcab@gmail.com

 


/