Mobilidade

Metrô Rio pode parar a partir de agosto

Metrô Rio corre risco de encerrar as atividades a partir de agosto, caso não tenha ajuda do governo, devido ao prejuízo causado pelos impactos da pandemia

9 de julho de 2020
Metrô Rio em risco de fechar as portas

Compartilhe essa notícia:


O Metrô Rio, um dos principais transportes de massa da cidade, pode parar suas atividades no mês que vem. O presidente da concessionária, Guilherme Ramalho, alertou em entrevista à Rádio CBN que, devido aos impactos da pandemia, não haverá caixa para manter as operações a partir de agosto. Com menos de 20% do número de passageiros, a empresa já acumulou R$ 150 milhões de prejuízo.

Desde o início da pandemia, segundo ele, o Metrô Rio operou normalmente, mantendo os custos fixos com horários regulares e com custos extras devido aos cuidados de higienização para combater o contágio do novo coronavírus. Se não houver uma ajuda, um aporte de recursos públicos, o limite para o funcionamento, segundo ele, é agosto.

 


LEIA MAIS

Senac RJ debate o futuro de bares e restaurantes no Rio

GOL espera aumento de 167% de voos no RIOgaleão

Rolé Virtual no Museu Nacional


 

“O que nós queremos é um debate aberto para que sejam adotadas medidas que permitam a sobrevivência de um setor que é fundamental para a sociedade, mas que em função dos impactos da pandemia, não tem viabilidade de continuidade”, acrescenta.

De acordo com a Secretaria de Transportes do Estado, além do Rio de Janeiro, as secretarias de Minas Gerais, São Paulo e Pernambuco também estão recorrendo ao governo federal para que o tema seja tratado em nível nacional.